Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Mercosul tenta entendimento para levar à próxima rodada de negociações com UE



06/12/2018 | 12:08


Ministros das Relações Exteriores dos quatro países sócios do Mercosul - Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai - estão reunidos no Palácio Itamaraty para acertar posicionamentos comuns a serem levados para a próxima rodada de negociações com a União Europeia, que se inicia no próximo dia 10 em Montevidéu.

Nessa reta final de entendimentos, os países integrantes do bloco sul-americano têm posições diferentes, por exemplo, em relação ao vinho. Enquanto a Argentina, grande produtora, aceita uma abertura total de mercado, o Brasil quer estabelecer cotas para proteger a produção nacional, realizada majoritariamente por produtores familiares.

Outro tema no qual será buscada uma posição comum é a indicação geográfica de produtos como presunto de Parma e aceto de Módena.

Os chanceleres vão discutir quais produtos podem ser aceitos como genuinamente europeus e quais terão de ter uma regra flexível para acomodar a produção local. Há pontos em discussão também na produção de máquinas e equipamentos.

Negociadores consideram que o acordo com os europeus está mais de 90% acertado, após dois anos de trabalho intenso. No entanto, é pouco provável que o acordo seja fechado este ano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mercosul tenta entendimento para levar à próxima rodada de negociações com UE

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;