Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 28 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Cauê Macris de olho na chefia da Assembleia


Raphael Rocha

23/11/2018 | 06:01


Atual presidente da Assembleia Legislativa, Cauê Macris (PSDB) se movimenta nos bastidores para ser reconduzido ao comando da Casa na próxima legislatura. Mas há um empecilho considerável: o PSDB não tem mais a maior bancada e o processo eleitoral ao governo do Estado ainda reverbera no Parlamento paulista. São oito deputados tucanos (antes eram 19). O maior bloco é o do PSL, com 15 nomes, e houve divisão da legenda do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). Boa parte apoiou a candidatura de Márcio França (PSB) e não a de João Doria (PSDB), eleito governador. O cenário fez com que Cauê procurasse até mesmo a bancada do PT para uma composição. Nas contas do atual presidente, ter os votos de petistas e de parte da base do PSL garantiria sua vitória. 

Articulação

 Por outro lado, a advogada Janaina Paschoal, eleita deputada estadual pelo PSL com mais de 2 milhões de votos, prospecta candidatura para presidir a Assembleia Legislativa. Dizem, nos bastidores, que comandar o Parlamento em sua estreia na política cacifaria Janaina a disputar a prefeitura de São Paulo em 2020. Dentro do PSL, outros nomes já se movimentam para representar o partido no pleito ao Paço da Capital daqui a dois anos. Um deles é o do senador eleito Major Olímpio. Deputado federal reeleito, Eduardo Bolsonaro (PSL) está impedido de ingressar nesta disputa porque a Constituição Federal veda que parentes diretos de presidente da República concorram a cargos em Estados e municípios (a não ser em casos de reeleição).

Plano B

 Ainda sem alarde, o governo do prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB), estuda nomes que podem entrar na corrida eleitoral de 2020, caso o tucano seja impedido de buscar a reeleição por problemas jurídicos. E a figura que mais agrada internamente é a primeira-dama Denise Auricchio. Há quem defenda que o deputado estadual eleito Thiago Auricchio (PR) assuma a missão, mas não é consenso, até porque o republicano vai estrear em cargos públicos a partir de 2019 e ainda é muito novo – tem 25 anos. Evidentemente que o plano A é reverter as pendências judiciais e garantir a candidatura à reeleição de Auricchio.

Cotado

 Derrotado em sua tentativa de se eleger deputado federal, o parlamentar estadual Fernando Capez (PSDB) deve ter espaço na gestão do governador eleito de São Paulo, João Doria (PSDB). Seu nome é cotado para presidir o Procon estadual, órgão de defesa do consumidor.

Pioneiro

 Vereador de São Bernardo, Rafael Demarchi (PRB) segue de olho em assumir o PSL local, com vistas a 2020. Ele tentou, por exemplo, alocar sua mulher, Laura Micaela, na presidência do PSL mulher, mas houve forte reação dos atuais filiados. Quando indagado sobre suas movimentações, Rafael tem lembrado que ele, antes de outras figuras na cidade, declarou voto e apoio à candidatura do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Apoio

 Candidato à subsecção da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) em São Bernardo, Cleiton Coutinho divulgou vídeo no qual o postulante à presidência estadual da Ordem Leonardo Sica declara apoio a seu projeto interno. “O ano da renovação e a renovação que a nossa ordem precisa em São Bernardo é com a chapa 4, presidida pelo nosso amigo Cleiton”, sustentou Sica, no material.

Fusão

 Movimentos por renovação na política, a exemplo do Agora! e Acredito, estudam alternativa de fusão partidária para pavimentar caminho único dos integrantes dos grupos. O principal plano seria a união de PPS, PDT e Rede. Um dos líderes do Agora! no Grande ABC é Thiago Rocha, candidato a vereador em 2016 pelo PV e que atua na Educação do governo de Santo André.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;