Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Licopeno


Leo Kahn

23/11/2018 | 07:00


 Carotenoide não cíclico, obtido através da ingesta pelo corpo humano, encontrado em frutos maduros. Apresenta propriedades antioxidantes e, junto com o betacaroteno, é transportado no organismo através das lipoproteínas.

O processo de absorção ocorre de forma passiva, ou seja, sem gasto de energia, mas pouco se sabe sobre o aproveitamento do licopeno no interior da mucosa.

Os níveis plasmáticos de licopeno são influenciados por fatores, tais como idade, sexo, funcionamento hormonal, IMC, níveis lipídicos do sangue, consumo de álcool-fumo e pela presença de outros carotenoides.

Armazenado no fígado e no tecido adiposo, atua na prevenção de danos oxidativos nos componentes subcelulares, protegendo-os de alterações degenerativas e da carcinogênese (diminuem reações de oxidação e formação de quinonas).

 

Outros benefícios:

Protege contra a degeneração macular senil

Auxílio contra a aterosclerose

Atua na prevenção de alguns tipos de câncer (em particular no câncer de próstata)

Reduz o risco de oxidação de lipídios séricos

Ação eficaz na desintoxicação de fumantes

Melhora a regeneração epitelial

Retarda o envelhecimento celular

Atua na displasia prostática

Protetor sistêmico contra radiação UV

Protege o sistema cardiovascular de danos causados por radicais livres

Ação antiage

Auxilia na proteção de doenças neurológicas

 

Saiba mais:

O licopeno é um dos 600 pigmentos carotenoides encontrados na natureza e um dos 25 encontrados no plasma e tecidos humanos.

A absorção de licopeno em humanos está na faixa de 10% a 30%, sendo o resto excretado.

O efeito mais benéfico que os carotenoides da dieta que podem desempenhar no organismo humano são o sequestro e a extinção dos radicais livres.

A adição de uma pequena dose de gordura monoinsaturada (azeite) facilita o transporte, a absorção e a ação do licopeno.

Outra característica que aumenta a sua biodisponibilidade é o preparado alimento cozido.

Regula a produção de melanina.

Promove o crescimento de cabelo ao reduzir o excesso de DHT.

Auxilia no tratamento do couro cabeludo.

Estudos mostram o benefício contra o câncer de mama, pele, fígado e pulmão.

Acredita-se que o licopeno possa corresponder de 30% a 64% da ingestão total de carotenoides, o que equivale a aproximadamente 3,7 mg/dia.

O licopeno presente na melancia e no mamão é 60% biodisponível, enquanto que no tomate cru é em torno de 13% e, no cozido, sobe para 70%.

Os tomates e produtos derivados contribuem em mais de 85% na ingestão diária de licopeno nos Estados Unidos.

O suco de tomate, ketchup, sopas, pizzas com molho de tomate e molho ao sugo para espaguetes são os alimentos que mais contribuem na ingestão de licopeno.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Licopeno

Leo Kahn

23/11/2018 | 07:00


 Carotenoide não cíclico, obtido através da ingesta pelo corpo humano, encontrado em frutos maduros. Apresenta propriedades antioxidantes e, junto com o betacaroteno, é transportado no organismo através das lipoproteínas.

O processo de absorção ocorre de forma passiva, ou seja, sem gasto de energia, mas pouco se sabe sobre o aproveitamento do licopeno no interior da mucosa.

Os níveis plasmáticos de licopeno são influenciados por fatores, tais como idade, sexo, funcionamento hormonal, IMC, níveis lipídicos do sangue, consumo de álcool-fumo e pela presença de outros carotenoides.

Armazenado no fígado e no tecido adiposo, atua na prevenção de danos oxidativos nos componentes subcelulares, protegendo-os de alterações degenerativas e da carcinogênese (diminuem reações de oxidação e formação de quinonas).

 

Outros benefícios:

Protege contra a degeneração macular senil

Auxílio contra a aterosclerose

Atua na prevenção de alguns tipos de câncer (em particular no câncer de próstata)

Reduz o risco de oxidação de lipídios séricos

Ação eficaz na desintoxicação de fumantes

Melhora a regeneração epitelial

Retarda o envelhecimento celular

Atua na displasia prostática

Protetor sistêmico contra radiação UV

Protege o sistema cardiovascular de danos causados por radicais livres

Ação antiage

Auxilia na proteção de doenças neurológicas

 

Saiba mais:

O licopeno é um dos 600 pigmentos carotenoides encontrados na natureza e um dos 25 encontrados no plasma e tecidos humanos.

A absorção de licopeno em humanos está na faixa de 10% a 30%, sendo o resto excretado.

O efeito mais benéfico que os carotenoides da dieta que podem desempenhar no organismo humano são o sequestro e a extinção dos radicais livres.

A adição de uma pequena dose de gordura monoinsaturada (azeite) facilita o transporte, a absorção e a ação do licopeno.

Outra característica que aumenta a sua biodisponibilidade é o preparado alimento cozido.

Regula a produção de melanina.

Promove o crescimento de cabelo ao reduzir o excesso de DHT.

Auxilia no tratamento do couro cabeludo.

Estudos mostram o benefício contra o câncer de mama, pele, fígado e pulmão.

Acredita-se que o licopeno possa corresponder de 30% a 64% da ingestão total de carotenoides, o que equivale a aproximadamente 3,7 mg/dia.

O licopeno presente na melancia e no mamão é 60% biodisponível, enquanto que no tomate cru é em torno de 13% e, no cozido, sobe para 70%.

Os tomates e produtos derivados contribuem em mais de 85% na ingestão diária de licopeno nos Estados Unidos.

O suco de tomate, ketchup, sopas, pizzas com molho de tomate e molho ao sugo para espaguetes são os alimentos que mais contribuem na ingestão de licopeno.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;