Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Caixa Econômica lucra R$ 60 milhoes em julho


Do Diário do Grande ABC

16/09/1999 | 14:00


A Caixa Econômica Federal apresentou, no mês de julho, lucro de R$ 60 milhoes, o que significa um aumento de 140% em relaçao ao resultado de julho de 1998. O resultado operacional (decorrente da atividade básica da empresa) do mês foi de R$ 98,3 milhoes, um valor seis vezes superior ao de julho do ano passado, de R$ 15 milhoes. "Ressalto, em nosso desempenho o volume de operaçoes de crédito de R$ 82 bilhoes, que coloca a Caixa na posiçao de líder do mercado nacional com uma participaçao de mais de 30%", diz o presidente da instiuiçao, Emilio Carazzai.

O lucro líquido acumulado nos primeiros sete meses de 1999 é de R$ 174 milhoes, o que representa um decréscimo de 16% em relaçao aos R$ 207 milhoes do mesmo período de 1998. O resultado líquido de 1999 foi fortemente afetado pela necessidade de provisionamento de recursos para atender a créditos de liquidaçao duvidosa concedidos a empresas de crédito imobiliário ainda na época do Banco Nacional da Habitaçao (BNH), extinto em 1985. Essas provisoes foram da ordem de R$ 540 milhoes. "A providência demonstra a preocupaçao da administraçao da Caixa em proteger a instituiçao contra riscos", diz o diretor de Controladoria Alberto Pais.

O resultado operacional dos sete primeiros meses de 1999 ficou em R$ 359 milhoes, com um crescimento de 120% em relaçao aos R$ 163 milhoes do mesmo período do ano passado. "Esse número reflete os avanços significativos da atuaçao da Caixa como agência financeira do governo", diz Carazzai. O volume de crédito destinado ao mercado imobiliário é de R$ 57 bilhoes, de longe o maior do país no setor.

A instituiçao tomou algumas iniciativas para melhorar ainda mais os seus números. Entre elas, está a renegociaçao de milhares de contratos habitacionais e a possibilidade de recuperar, através de negociaçoes, aplicaçoes que estao provisionadas. Com a renegociaçao de contratos, a Caixa espera recuperar R$ 1,6 bilhao ainda em 1999.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;