Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Decoração de Natal feita com itens recicláveis é alternativa à crise

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em Ribeirão, garrafas PET são usadas para a confecção de guirlandas para o Jardim Japonês


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

17/11/2018 | 07:00


 Sob justificativa da crise orçamentária enfrentada, prefeituras da região têm investido cada vez menos na decoração das ruas com artigos natalinos. Para que a tradicional festa cristã, comemorada em 25 de dezembro, não passe em branco, Ribeirão Pires resolveu promover a confecção de enfeites sustentáveis, elaborados a partir de garrafas PET.

Os itens, que serão colocados no Jardim Japonês do município, na região central, foram criados por cinco moradores que participam de cursos de qualificação. Denominado Natal Espetacular, o projeto é fruto de parceria entre o Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo e o Fundo Social de Solidariedade de Ribeirão Pires.

Além de enfeitar a cidade, evitar a degradação ambiental, já que o material usado poderia estar no lixo, a medida gera renda para as famílias, tendo em vista que os participantes do projeto recebem ajuda de custo de R$ 330 por mês durante cinco meses do governo do Estado.

Três integrantes do grupo pertencem a uma mesma família. Desempregados, Kátia Luz, 52 anos, e José Luz, 53, viram no projeto uma forma de ocupar a cabeça, aprender nova atividade e gerar renda. Junto deles, o filho Kaique, 25, que também está sem emprego, embarcou na ideia. O casal tem ainda uma filha especial, com atraso mental. Maria Eduarda, 13, fica na escola.

Sorridente e animada, a chefe da família ressalta a importância do serviço em três aspectos: economia de verba para Prefeitura, contribuição para o meio ambiente e participação dos moradores na decoração do município. “Com essa ação, deixamos a cidade limpa. Além disso, dá uma sensação boa de pertencimento. Ver que os enfeites foram feitos por nós é muito gratificante”, diz Kátia.

Artista responsável pelo projeto, Rozi Zampirou Gimenes destaca o empenho dos participantes na ação. “Podemos transformar materiais simples e que seriam descartados em coisas fantásticas. Vamos montar uma árvore linda e enfeitar as demais.”

A oficina de guirlandas é realizada no Centro Cultural da cidade. Além de o programa oferecer capacitação, os alunos podem lucrar com a venda dos itens produzidos.

O projeto foi possível após a Prefeitura promover gincana com alunos de escolas municipais para a arrecadação das garrafas PET. Foram 297 mil itens doados ao Fundo Social de Solidariedade para a confecção dos enfeites. O material que não foi utilizado para as guirlandas foi doado para cooperativas de reciclagem.

 

PROGRAMAÇÃO

Para entreter o público, a Prefeitura de Ribeirão Pires organizou programação especial no dia 22 de dezembro, quando será realizada edição do Concerto Encantos de Natal. No espetáculo, com entrada gratuita, alunos e músicos da Escola Municipal de Música da cidade se apresentam aos moradores e familiares.

 

CONVÊNIO

Por meio de parceria entre Prefeitura e a Aciarp (Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Ribeirão Pires), outros pontos da cidade, em especial a zona comercial, na área central, receberão enfeites natalinos. Neste caso, os itens estão sendo confeccionados por artesãos do município.

 

Nem mesmo tradicional espetáculo da Acisa está confirmado

A cada ano, prefeituras da região reduzem os gastos com a decoração natalina. Exemplo é Santo André, onde nem mesmo o tradicional espetáculo na Acisa (Associação Comercial e Industrial de Santo André) está garantido neste ano.

A cidade, que já chegou a investir R$ 1 milhão na festa, em 2015, neste ano terá programação tímida. Conforme a administração, serão reinstaladas duas árvores – na Praça 14 Bis, Vila Homero Thon, e Praça Anibal Guedes, Vila Curuçá – em postes já existentes como reforço da iluminação pública nas praças. Está prevista ainda a iluminação do prédio do Executivo, no Paço Municipal, e do Parque Celso Daniel, no bairro Jardim – o local terá programação especial em parceria com a iniciativa privada.

Já São Bernardo informou que a viabilidade do projeto está sendo estudada. No ano passado não houve decoração específica para o Natal.

As demais prefeituras não retornaram até o fechamento desta edição.

Motorista de aplicativo, Almir Lucio Delgado, 57 anos, destaca que faz muito tempo que não vê decoração de Natal pela região. Morador de Mauá, ele destaca que a cidade em que reside sempre teve enfeites “pobrezinhos”.

“Dependendo de onde vem a verba para a decoração, é preferível que ela seja revertida para outras áreas. É melhor ficar sem decoração, mas ter dinheiro para a Saúde ou Educação. Prefiro”, ressalta.

 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;