Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Inca prevê 700 casos de câncer de próstata na região

Arquivo/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Novembro Azul debate a importância do diagnóstico precoce, que amplia chance de cura em 90%


Aline Melo
do Diário do Grande ABC

03/11/2018 | 07:00


Estimativas do Inca (Instituto Nacional do Câncer) indicam que o Grande ABC terá 768 casos de câncer de próstata neste ano. Os dados consideram a taxa de 59,7 ocorrências para cada 100 mil habitantes – a região tem população de 1,28 milhão de homens. De janeiro a agosto, a doença já causou a morte de 34 indivíduos entre as sete cidades, índice 54,55% maior do que o observado no mesmo período do ano passado – quando foram contabilizados 22 óbitos, segundo o DataSus (banco de dados do Ministério da Saúde).

O urologista da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC) e do Hospital Estadual Mário Covas Mário Henrique de Mattos explica que o câncer de próstata é o segundo tipo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não melanoma. O médico cita que o Novembro Azul, que começou na quinta-feira, é o momento em que todo o País mobiliza discussões sobre a doença. “É uma campanha de extrema importância, pois fortalece junto à população o conceito da prevenção, especialmente porque a cura do câncer de próstata chega a 90% nos casos em que o diagnóstico ocorre de forma precoce.”

A partir dos 50 anos, é recomendada a visita anual ao urologista. Pacientes de raça negra, obesos e homens com histórico familiar de câncer de próstata devem iniciar aos 45 anos. Para o diagnóstico, são feitos dois exames. De sangue, que mede a dosagem do PSA, proteína liberada pela próstata, e o exame de toque retal, que permite perceber alterações na textura da glândula. “É rápido, muito bem tolerado e indolor. É possível que haja algum grau de constrangimento por uma parte dos homens, mas o médico urologista esclarece todas as dúvidas, orienta sobre a importância da avaliação e tranquiliza o paciente para a realização do exame, que dura poucos segundos”, garante.

O especialista afirma que é importante realizar os dois exames, pois cerca de 15% dos tumores malignos da próstata não produzem quantidade elevada de PSA, sendo suspeitos exclusivamente pelas alterações observadas no toque retal. “A confirmação é feita a partir da coleta de biópsias da glândula, de ultrassonografia endoanal sob anestesia”, relata.

O principal tumor maligno do órgão é o adenocarcinoma de próstata, cujo pico de incidência é por volta dos 65 anos, mas já começa a se manifestar ao redor de 45 anos, conforme Mattos. Ele complementa que o único fator de risco reconhecido para a doença é a genética, pois existe certo padrão de hereditariedade. “Nos homens com familiar de primeiro grau (pai ou irmão, por exemplo) que tem ou teve a doença, as chances de também apresentar o problema são três vezes maiores na comparação com a população geral. Já nos homens com pelo menos dois familiares em primeiro grau acometidos pelo câncer de próstata, há seis vezes mais chances”, detalha.

Apesar do fator genético, Mattos lembra a necessidade de os homens manterem hábitos de vida saudáveis, como dieta balanceada e diversificada (sem exageros na ingestão de sal, gorduras e proteínas de origem animal), prática de atividade física regular, controle de peso e pressão arterial, boa ingestão de líquidos diária e sono de pelo menos sete a oito horas ao dia.

Quatro cidades realizam atividades de prevenção

Pelo menos quatro cidades da região programam atividades especiais para celebrar o Novembro Azul. Em Santo André, todos os equipamentos de Saúde terão atividades especiais ao longo do mês, entre palestras e atividades lúdicas. Será feita divulgação da agenda completa nas redes sociais oficiais da administração municipal.

As 34 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de São Bernardo vão ter grupos de apoio, palestras e orientações sobre a doença. Além das UBSs, as policlínicas (Centro e Alvarenga) estarão abertas para a mobilização. No dia 24, haverá ação de mobilização e as UBSs irão funcionar das 8h às 17h para atender exclusivamente os homens. Para participar, basta ir até uma unidade e apresentar documento com foto e a carteirinha da UBS. 

Ribeirão Pires vai realizar, durante todo o mês, palestras gratuitas e rodas de conversa nas unidades de Saúde, reforçando as orientações sobre câncer de próstata e prevenção. No dia 30, a Praça Central da Vila do Doce recebe ‘Dia D’ da Saúde, com temática voltada ao Novembro Azul.

As 23 UBSs de Mauá promovem ações de prevenção para a saúde do homem. Diadema, São Caetano e Rio Grande da Serra não responderam até o fechamento desta edição.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Inca prevê 700 casos de câncer de próstata na região

Novembro Azul debate a importância do diagnóstico precoce, que amplia chance de cura em 90%

Aline Melo
do Diário do Grande ABC

03/11/2018 | 07:00


Estimativas do Inca (Instituto Nacional do Câncer) indicam que o Grande ABC terá 768 casos de câncer de próstata neste ano. Os dados consideram a taxa de 59,7 ocorrências para cada 100 mil habitantes – a região tem população de 1,28 milhão de homens. De janeiro a agosto, a doença já causou a morte de 34 indivíduos entre as sete cidades, índice 54,55% maior do que o observado no mesmo período do ano passado – quando foram contabilizados 22 óbitos, segundo o DataSus (banco de dados do Ministério da Saúde).

O urologista da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC) e do Hospital Estadual Mário Covas Mário Henrique de Mattos explica que o câncer de próstata é o segundo tipo mais comum entre os homens, atrás apenas do câncer de pele não melanoma. O médico cita que o Novembro Azul, que começou na quinta-feira, é o momento em que todo o País mobiliza discussões sobre a doença. “É uma campanha de extrema importância, pois fortalece junto à população o conceito da prevenção, especialmente porque a cura do câncer de próstata chega a 90% nos casos em que o diagnóstico ocorre de forma precoce.”

A partir dos 50 anos, é recomendada a visita anual ao urologista. Pacientes de raça negra, obesos e homens com histórico familiar de câncer de próstata devem iniciar aos 45 anos. Para o diagnóstico, são feitos dois exames. De sangue, que mede a dosagem do PSA, proteína liberada pela próstata, e o exame de toque retal, que permite perceber alterações na textura da glândula. “É rápido, muito bem tolerado e indolor. É possível que haja algum grau de constrangimento por uma parte dos homens, mas o médico urologista esclarece todas as dúvidas, orienta sobre a importância da avaliação e tranquiliza o paciente para a realização do exame, que dura poucos segundos”, garante.

O especialista afirma que é importante realizar os dois exames, pois cerca de 15% dos tumores malignos da próstata não produzem quantidade elevada de PSA, sendo suspeitos exclusivamente pelas alterações observadas no toque retal. “A confirmação é feita a partir da coleta de biópsias da glândula, de ultrassonografia endoanal sob anestesia”, relata.

O principal tumor maligno do órgão é o adenocarcinoma de próstata, cujo pico de incidência é por volta dos 65 anos, mas já começa a se manifestar ao redor de 45 anos, conforme Mattos. Ele complementa que o único fator de risco reconhecido para a doença é a genética, pois existe certo padrão de hereditariedade. “Nos homens com familiar de primeiro grau (pai ou irmão, por exemplo) que tem ou teve a doença, as chances de também apresentar o problema são três vezes maiores na comparação com a população geral. Já nos homens com pelo menos dois familiares em primeiro grau acometidos pelo câncer de próstata, há seis vezes mais chances”, detalha.

Apesar do fator genético, Mattos lembra a necessidade de os homens manterem hábitos de vida saudáveis, como dieta balanceada e diversificada (sem exageros na ingestão de sal, gorduras e proteínas de origem animal), prática de atividade física regular, controle de peso e pressão arterial, boa ingestão de líquidos diária e sono de pelo menos sete a oito horas ao dia.

Quatro cidades realizam atividades de prevenção

Pelo menos quatro cidades da região programam atividades especiais para celebrar o Novembro Azul. Em Santo André, todos os equipamentos de Saúde terão atividades especiais ao longo do mês, entre palestras e atividades lúdicas. Será feita divulgação da agenda completa nas redes sociais oficiais da administração municipal.

As 34 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) de São Bernardo vão ter grupos de apoio, palestras e orientações sobre a doença. Além das UBSs, as policlínicas (Centro e Alvarenga) estarão abertas para a mobilização. No dia 24, haverá ação de mobilização e as UBSs irão funcionar das 8h às 17h para atender exclusivamente os homens. Para participar, basta ir até uma unidade e apresentar documento com foto e a carteirinha da UBS. 

Ribeirão Pires vai realizar, durante todo o mês, palestras gratuitas e rodas de conversa nas unidades de Saúde, reforçando as orientações sobre câncer de próstata e prevenção. No dia 30, a Praça Central da Vila do Doce recebe ‘Dia D’ da Saúde, com temática voltada ao Novembro Azul.

As 23 UBSs de Mauá promovem ações de prevenção para a saúde do homem. Diadema, São Caetano e Rio Grande da Serra não responderam até o fechamento desta edição.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;