Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Professores do ABC ganham homenagens do Estado


Elaine Granconato
Do Diário do Grande ABC

25/10/2003 | 17:50


Pelo menos quatro dos 15.324 professores estaduais do Grande ABC passaram os últimos dias tendo muito o que comemorar. Eles foram homenageadas pela Secretaria de Estado da Educação, no último dia 15, em evento denominado Professor Destaque, que escolheu representantes de todas as 89 diretorias de ensino do Estado.

“Eu ainda tenho muito a ensinar e aprender com os alunos”, afirmou Ruth Rossi Figueiredo, 62 anos, uma das homenageadas da região. Professora aposentada desde 1998, há quatro anos retornou à ativa e hoje dá aulas de Geografia, à noite, na EE (Escola Estadual) Camilo Peduti, no Jardim Utinga, em Santo André.

Durante a semana, Ruth ensina para os três anos do ensino médio e para as 5ªe 6ªséries da suplência. “Faço a chamada pelo nome e não pelo número”, ressaltou a professora, ensinando um de seus segredos.

O bom relacionamento com os alunos também é o que fez de Sergio Ricardo de Lima, professor de Educação Física da EE Professor Alziro Barbosa Nascimento, em Rio Grande da Serra, outro homenageado. Ex-jogador de futebol do Grêmio Mauaense, de 1983 a 1987, Sergio tem 41 anos e é conhecido por Chalé. “Fiquei contente de ter sido escolhido pela escola. é gratificante ter nosso trabalho reconhecido”.

Gratificante – “Eu não seria outra coisa se não professora”, afirmou a terceira homegaeada, Celeste Maria Bizarria Paes Ribeiro, 49 anos, professora da 3ªsérie C da EE Professora Zilda Gomes dos Reis de Almeida, no Jardim Bela Vista, em Diadema. Ela diz que, além de trocar conhecimentos na sala de aula, acaba sendo um pouco mãezona dos alunos. Apesar de ter feito licenciatura em Geografia e História, sua opção acabou sendo a Educação Básica. “Eu acho mais envolvente. O vínculo é maior. Além do que, a criança vê na professora um pouco da mãe”, afirmou.

A quarta homenageada, a maranhense Francisca Maria da Silva Gomes, 42 anos, também está afinadíssima com a garotada.

Ela conseguiu conquistar seus cerca de 200 alunos de 5ªa 8ªséries da EE Jean Piaget, no Jardim Detroit, região periférica de São Bernardo, mesmo sendo professora de Matemática, a disciplina mais temida pela maioria dos alunos. “Procuro mostrar que a Matemática faz parte do dia-a-dia deles, como em uma ida ao supermercado”, conta a professora formada há cinco anos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;