Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Exército assina portaria para criar primeiro Colégio Militar no Estado de SP



11/10/2018 | 20:25


O comandante do Exército, geral Eduardo Dias da Costa Villas Bôas, assinou na terça-feira, 9, portaria para a criação do primeiro Colégio Militar de São Paulo, que deve começar a funcionar em 2020.

O sistema Colégio Militar do Brasil conta com 13 unidades em diversos estados do País, com turmas para os anos finais do ensino fundamental (do 6º ao 9º ano) e médio. Atualmente, estudam nessas escolas 15 mil jovens, filhos de civis e militares.

Há duas formas de ingresso nos Colégios Militares: por concurso e por amparo regulamentar. Os concursos são realizados, anualmente, para o 6º ano do Ensino Fundamental e para a 1º ano do Ensino Médio, sendo que, a cada ano, concorrem, em média, 22 mil candidatos, dentre dependentes de militares e civis. O ingresso por amparo, especificado em regulamento, destina-se a atender aos dependentes de militares, que sofrem os reflexos das obrigações profissionais de transferências dos pais, em razão das peculiaridades da carreira.

O desempenho dos alunos das escolas do Exército em avaliações nacionais é superior ao restante das escolas. No Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a média é maior até do que a dos alunos de escolas particulares. O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), principal indicador de qualidade no País, dos colégios militares é 6,5 (do 6º ao 9º ano do fundamental). O das escolas estaduais, 4,1.

No entanto, contam com orçamento muito superior ao das escolas públicas regulares. São R$ 19 mil por estudante, por ano, gastos pelo Exército nas 13 escolas existentes - que têm piscinas, laboratórios de robótica e professores com salários que passam dos R$ 10 mil. Enquanto o setor público investe, em média, R$ 6 mil por estudante do ensino básico anualmente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Exército assina portaria para criar primeiro Colégio Militar no Estado de SP

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;