Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Chegou a conta do crescimento econômico



11/10/2018 | 08:10


Amanhã Chegou. E veio cobrando a conta. O filme de Renata Simões mostra, em detalhes, o grande beco sem saída em que nos metemos. Sempre se fala que a economia precisa crescer. Se não cresce, é o caos, como acontece no Brasil atual. Acontece que o planeta já não suporta mais o "crescimento" indiscriminado. A humanidade, sob o primado de um capitalismo desvairado e (em aparência) sem alternativas, tornou-se autofágica. A catástrofe aí está, chegando sob a forma de aquecimento global, mares invadindo cidades, anarquia climática, etc. Não existe alternativa a não ser pisar no freio. Mas vá dizer isso a Trump ou à China. Portanto, a palavra de ordem do nosso tempo é "sustentabilidade".

Não podemos nos comportar como novos-ricos diante de um planeta exaurido e comprometer as novas gerações. Ouvindo um grande número de pessoas, o filme é realista em sua dura advertência. Apresenta alternativas de vida. Sente-se falta do "outro lado", a versão dos que acham que podemos continuar a gastança que a conta nunca chegará. Mas estes não costumam falar. Agem e contabilizam lucros.

Amanhã Chegou

(Brasil/2018, 74 min.)Dir. Renata Simões. Com Agatha Fernandes, Alexandre Di Ciero

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Chegou a conta do crescimento econômico

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, acesse com:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;