Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Para Oswaldo Dias, PT superou rejeição de 2016

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Aline Melo
Do dgabc.com.br

06/10/2018 | 10:23


 Ex-prefeito de Mauá, o candidato a deputado estadual Oswaldo Dias avalia que o PT superou a rejeição enfrentada na última eleição, em 2016.
Em evento de campanha do candidato a governador do Estado de São Paulo e ex-prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, realizado nesta manhã, Dias declarou que pesquisas internas do partido mostram que o apoio dos eleitores à legenda já se restabelece aos níveis anteriores ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.
Com a candidatura indeferida pelo TSE, mas aguardando julgamento de recurso, o candidato se declara otimista com relação ao resultado da disputa para a Assembleia Legislativa, mas preocupado com o pleito para a Presidência da República.
"De um lado temos uma proposta autoritária, que se ganhar vai ter respaldo do Supremo e haverá retrocesso não na democracia, mas nas movimentações sociais e nas liberdades", cita, em referência ao candidato Jair Bolsonaro (PSL).
"A candidatura de Fernando Haddad representa o projeto do (ex-presidente) Lula, a possibilidade de reconstrução", pontua.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Para Oswaldo Dias, PT superou rejeição de 2016

Aline Melo
Do dgabc.com.br

06/10/2018 | 10:23


 Ex-prefeito de Mauá, o candidato a deputado estadual Oswaldo Dias avalia que o PT superou a rejeição enfrentada na última eleição, em 2016.
Em evento de campanha do candidato a governador do Estado de São Paulo e ex-prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho, realizado nesta manhã, Dias declarou que pesquisas internas do partido mostram que o apoio dos eleitores à legenda já se restabelece aos níveis anteriores ao impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.
Com a candidatura indeferida pelo TSE, mas aguardando julgamento de recurso, o candidato se declara otimista com relação ao resultado da disputa para a Assembleia Legislativa, mas preocupado com o pleito para a Presidência da República.
"De um lado temos uma proposta autoritária, que se ganhar vai ter respaldo do Supremo e haverá retrocesso não na democracia, mas nas movimentações sociais e nas liberdades", cita, em referência ao candidato Jair Bolsonaro (PSL).
"A candidatura de Fernando Haddad representa o projeto do (ex-presidente) Lula, a possibilidade de reconstrução", pontua.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;