Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Família de Sto.André é envenenada com chumbinho


Luciano Cavenagui
Do Diário do Grande ABC

25/02/2005 | 13:44


A dona de casa E.R.M. e seus dois filhos menores, de 13 e 11 anos, deram entrada quinta-feira no hospital São Lucas, em Ribeirão Pires, devido a envenenamento provocado por hambúrgueres contaminados com chumbinho (veneno para ratos). A refeição foi feita na residência da família, em Santo André. De acordo com os levantamentos preliminares da polícia, a mulher é suspeita de ter preparado o alimento. A mãe está em coma e as crianças mantêm quadro médico estável, segundo o hospital.

De acordo com os outros dois filhos da dona de casa, que não ingeriram os hambúrgueres preparados no horário do almoço de quinta-feira, a mãe, de 45 anos, possui tumor no cérebro há cinco anos. Segundo disseram à reportagem, ela estava deprimida porque havia sido avisada pelo seu médico, na semana passada, que não teria muito mais tempo de vida. De acordo com a polícia, foi deixado um bilhete na mesa do almoço que teria sido escrito por E. Nele, está escrito, entre outras palavras: “Eu vou embora, o diabo está aqui”. A dona de casa é evangélica.

O envenenamento ocorreu por volta das 13h na residência da família, localizada na avenida Jacobina, Parque Andreense. Ao comerem os hambúrgueres, tanto a dona de casa como as crianças – um garoto de 13 anos e uma menina de 11 – passaram mal e começaram a vomitar. Os outros dois filhos da mulher são um adolescente de 17 anos e A.M.B., de 19.

Apesar do mal-estar, o garoto de 13 anos telefonou para o irmão de 17, que trabalha como office-boy. “Ele me ligou desesperado, dizendo para eu chamar uma ambulância. Fiz o que ele me pediu, avisei meu irmão maior e meu pai”. Uma ambulância do Hospital São Lucas foi até a residência e conduziu os três para o pronto-socorro. “Nos últimos dias, a gente brigou muito. Ela estava deprimida e não sei o que aconteceu direito agora”, disse o marido, o metalúrgico L.M.B., 44 anos.

De acordo com a Polícia Militar, há três meses a dona de casa pediu para um vizinho comprar chumbinho para ela. O vizinho teria se recusado. Peritos vasculharam a casa e não encontraram nenhum veneno. Técnicos da Vigilância Sanitária de Santo André recolheram alimentos no local para análise.

“Segundo o boletim médico, a provável causa de envenenamento foi o veneno de rato. Se a mulher não chegasse rápido no hospital, já teria morrido. Neste caso, temos todos os elementos que apontam para uma tentativa de suicídio e duas tentativas de homicídio”, afirmou o delegado Darcy Freitas, do 6º DP de Santo André, onde a ocorrência foi registrada.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;