Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

MP mantém investigação contra novo presidente da CET


Do Diário OnLine

06/01/2004 | 09:59


O Ministério Público não aceitou o arquivamento de investigação contra o jornalista Dernal Oliveira Santos, 46 anos, novo presidente da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET). Santos assumiu o cargo na segunda-feira, quando deixou a chefia de gabinete da Secretaria Municipal dos Transportes de São Paulo.

O então presidente da companhia, Francisco Macena, deixou a função porque será candidato a vereador nas eleições de 2004. O mesmo ocorreu com Antonio Donato, que abriu mão da Secretaria das Subprefeituras para Carlos Zarattini.

Santos passou a ser alvo de uma investigação do Ministério Público há cerca de dois meses, sob a acusação de lotear o sistema de perueiros em São Paulo e cometer irregularidades no processo de licitação. Na ocasião, a promotora Andréa Chiaratti mandou arquivar a investigação, porém, o Conselho Superior do Ministério Público rejeitou, no dia 17 de novembro, a indicação. O caso agora será comandado pelo promotor Sérgio Turra Sobrane.

Em entrevista à Rádio CBN nesta segunda-feira pela manhã, em coletiva organizada para comentar as obras realizadas na região da avenida Rebouças, zona Oeste da capital, Dernal Oliveira Santos mostrou irritação o ser indagado sobre o caso. “Não é que me incomode. Posso falar pelo tempo que quiserem. Mas o assunto de hoje é outro”, reclamou.

No final, acabou falando mais. “Isso é uma polêmica do Ministério Público. Estamos tranqüilos. Não houve favorecimento (de licitações) nenhum. Tanto que o caso foi encerrado. Até agora, sempre que o MP questionou os atos da Prefeitura, não deu em nada. Para mim será apenas mais um desse”, afirmou. “A verdade é que não há indício nenhum de irregularidades”, finalizou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;