Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Região tem 24 vereadores pré-candidatos às eleições de outubro


Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

08/03/2010 | 07:00


Grande ABC mostra mais uma vez ser uma região politicamente forte. Dos 108 vereadores das sete cidades, 24 são pré-candidatos a deputado estadual ou federal e até mesmo ao Senado - equivalente a 22,2%. Os pleiteantes estão concentrados em São Bernardo, Santo André, Diadema e Mauá. Parlamentares de São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não devem enfrentar as urnas neste ano.

Apesar de se apresentarem como pré-candidatos, as definições sairão somente em junho, quando os partidos farão as convenções. Até lá, esse número pode ser alterado tanto para mais - alguns parlamentares ainda têm a pré-candidatura indefinida - quanto para menos, pois pode haver desistências.

Segundo o cientista político Marco Antônio Carvalho Teixeira, em decorrência da dedicação dos vereadores às candidaturas ou apoio a outros políticos, as Câmaras apresentam redução no ritmo. "Os legislativos sofrem mais nesses períodos eleitorais", avalia.

Santo André e Mauá são as cidades que mais terão vereadores na disputa: sete cada. Esta última pode ter quatro candidatos a deputado estadual, dois a federal e um a senador.

Cincinato Lourenço Freire Filho (PSDC) afirma que "é quase oficial" seu registro ao Senado. "Tive convite do (José Maria) Eymael (presidente nacional da sigla) e isso será decidido segunda-feira (hoje). Só está faltando eu fazer a avaliação de custos, estratégia e estrutura. Mas é 99% de chance."

Diadema deve apresentar seis pleiteantes à Assembleia Legislativa, sendo três deles do PT. O PSB e o PRB ainda não decidiram se lançarão chapas próprias no município.

Maior cidade da região, São Bernardo possui quatro pré-candidatos - todos a estadual. Matias Fiúza (PT) mantém a intenção de buscar uma cadeira no parlamento paulista, mesmo com a orientação do prefeito Luiz Marinho (PT) de o grupo apoiar somente uma candidatura, no caso da já deputada Ana do Carmo.

Fiúza tem outra característica interessante: apoiará três candidatos à Câmara Federal, apesar de ter direito a apenas um voto na urna. "Vamos dar apoio à reeleição do Vicentinho (Vicente Paulo da Silva), mas temos outros acordos em andamento (com Paulo Teixeira e José de Filippi Júnior). Mas dá para buscar voto para todos na nossa base (eleitoral)", explicou. (Colaboraram Elaine Granconato e Matheus Adami)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Região tem 24 vereadores pré-candidatos às eleições de outubro

Beto Silva
Do Diário do Grande ABC

08/03/2010 | 07:00


Grande ABC mostra mais uma vez ser uma região politicamente forte. Dos 108 vereadores das sete cidades, 24 são pré-candidatos a deputado estadual ou federal e até mesmo ao Senado - equivalente a 22,2%. Os pleiteantes estão concentrados em São Bernardo, Santo André, Diadema e Mauá. Parlamentares de São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não devem enfrentar as urnas neste ano.

Apesar de se apresentarem como pré-candidatos, as definições sairão somente em junho, quando os partidos farão as convenções. Até lá, esse número pode ser alterado tanto para mais - alguns parlamentares ainda têm a pré-candidatura indefinida - quanto para menos, pois pode haver desistências.

Segundo o cientista político Marco Antônio Carvalho Teixeira, em decorrência da dedicação dos vereadores às candidaturas ou apoio a outros políticos, as Câmaras apresentam redução no ritmo. "Os legislativos sofrem mais nesses períodos eleitorais", avalia.

Santo André e Mauá são as cidades que mais terão vereadores na disputa: sete cada. Esta última pode ter quatro candidatos a deputado estadual, dois a federal e um a senador.

Cincinato Lourenço Freire Filho (PSDC) afirma que "é quase oficial" seu registro ao Senado. "Tive convite do (José Maria) Eymael (presidente nacional da sigla) e isso será decidido segunda-feira (hoje). Só está faltando eu fazer a avaliação de custos, estratégia e estrutura. Mas é 99% de chance."

Diadema deve apresentar seis pleiteantes à Assembleia Legislativa, sendo três deles do PT. O PSB e o PRB ainda não decidiram se lançarão chapas próprias no município.

Maior cidade da região, São Bernardo possui quatro pré-candidatos - todos a estadual. Matias Fiúza (PT) mantém a intenção de buscar uma cadeira no parlamento paulista, mesmo com a orientação do prefeito Luiz Marinho (PT) de o grupo apoiar somente uma candidatura, no caso da já deputada Ana do Carmo.

Fiúza tem outra característica interessante: apoiará três candidatos à Câmara Federal, apesar de ter direito a apenas um voto na urna. "Vamos dar apoio à reeleição do Vicentinho (Vicente Paulo da Silva), mas temos outros acordos em andamento (com Paulo Teixeira e José de Filippi Júnior). Mas dá para buscar voto para todos na nossa base (eleitoral)", explicou. (Colaboraram Elaine Granconato e Matheus Adami)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;