Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Entrega de nova balsa no Riacho Grande é adiada pela segunda vez

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Previsão da Emae é a de que a embarcação, que fará a travessia João Basso, seja disponibilizada na primeira quinzena de outubro


Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

29/09/2018 | 07:00


Prometida para o fim deste mês, a entrega da ampliação da Balsa João Basso, no bairro Riacho Grande, em São Bernardo, foi adiada mais uma vez. Sob a justificativa da necessidade de realização de ajustes e testes adicionais na estrutura, a Emae (Empresa Metropolitana de Águas e Energia), órgão responsável pela execução do serviço, anunciou que não conseguirá cumprir o prazo, postergando para a primeira quinzena de outubro o início da operação da nova embarcação. É a segunda vez, num período de quatro meses, que a conclusão dos trabalhos é prorrogada.

Antiga reivindicação de moradores, a ampliação da travessia foi acordada em dezembro do ano passado entre a Emae e a Prefeitura de São Bernardo. O compromisso inicial era o de que a balsa fosse entregue no dia 29 de junho, o que não ocorreu.

Atualmente, em meio ao crescimento populacional da comunidade do pós-balsa, que reúne cerca de 42 mil moradores, usuários chegam a esperar cerca de três horas para conseguir fazer o trajeto sobre a Represa Billings.

Com a nova embarcação, o equipamento passará a comportar 400 passageiros e, em média, 40 veículos de pequeno porte. Antes, este número era de 18 veículos e 200 passageiros.

Embora destaque que os trabalhos de ampliação da capacidade da balsa estão 100% concluídos, ocorrendo “rigorosamente dentro do cronograma”, com término para o fim de setembro, a Emae alega que ainda necessita realizar série de processos técnicos antes de a nova estrutura entrar em operação.

Dentre as pendências citadas, está a necessidade de ajustes e testes adicionais nos mecanismos e sistemas hidráulicos de tração, para garantir a segurança e a confiabilidade do sistema. Os procedimentos, conforme a Emae, devem ser realizados nas próximas semanas, após vistoria da Marinha.

Uma das inspeções está prevista para ocorrer na terça-feira. “Somente após esta etapa será possível fazer todas as análises mencionadas e liberar a plataforma para o transporte de passageiros”, justifica, em nota, o órgão.

A previsão é a de que somente após estes testes e autorização da Marinha a nova plataforma seja rebocada para São Bernardo, onde acontecerá a troca das balsas, operação que está prevista para acontecer na primeira quinzena de outubro. 

Procurada para falar a respeito do assunto, a Prefeitura de São Bernardo não retornou os contatos do Diário até o fechamento desta edição.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Entrega de nova balsa no Riacho Grande é adiada pela segunda vez

Previsão da Emae é a de que a embarcação, que fará a travessia João Basso, seja disponibilizada na primeira quinzena de outubro

Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

29/09/2018 | 07:00


Prometida para o fim deste mês, a entrega da ampliação da Balsa João Basso, no bairro Riacho Grande, em São Bernardo, foi adiada mais uma vez. Sob a justificativa da necessidade de realização de ajustes e testes adicionais na estrutura, a Emae (Empresa Metropolitana de Águas e Energia), órgão responsável pela execução do serviço, anunciou que não conseguirá cumprir o prazo, postergando para a primeira quinzena de outubro o início da operação da nova embarcação. É a segunda vez, num período de quatro meses, que a conclusão dos trabalhos é prorrogada.

Antiga reivindicação de moradores, a ampliação da travessia foi acordada em dezembro do ano passado entre a Emae e a Prefeitura de São Bernardo. O compromisso inicial era o de que a balsa fosse entregue no dia 29 de junho, o que não ocorreu.

Atualmente, em meio ao crescimento populacional da comunidade do pós-balsa, que reúne cerca de 42 mil moradores, usuários chegam a esperar cerca de três horas para conseguir fazer o trajeto sobre a Represa Billings.

Com a nova embarcação, o equipamento passará a comportar 400 passageiros e, em média, 40 veículos de pequeno porte. Antes, este número era de 18 veículos e 200 passageiros.

Embora destaque que os trabalhos de ampliação da capacidade da balsa estão 100% concluídos, ocorrendo “rigorosamente dentro do cronograma”, com término para o fim de setembro, a Emae alega que ainda necessita realizar série de processos técnicos antes de a nova estrutura entrar em operação.

Dentre as pendências citadas, está a necessidade de ajustes e testes adicionais nos mecanismos e sistemas hidráulicos de tração, para garantir a segurança e a confiabilidade do sistema. Os procedimentos, conforme a Emae, devem ser realizados nas próximas semanas, após vistoria da Marinha.

Uma das inspeções está prevista para ocorrer na terça-feira. “Somente após esta etapa será possível fazer todas as análises mencionadas e liberar a plataforma para o transporte de passageiros”, justifica, em nota, o órgão.

A previsão é a de que somente após estes testes e autorização da Marinha a nova plataforma seja rebocada para São Bernardo, onde acontecerá a troca das balsas, operação que está prevista para acontecer na primeira quinzena de outubro. 

Procurada para falar a respeito do assunto, a Prefeitura de São Bernardo não retornou os contatos do Diário até o fechamento desta edição.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;