Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 27 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diadema inaugura creche com cinco anos de atraso

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Unidade, na Vila Conceição, atenderá 168 crianças de zero e 3 anos; deficit é de 6.000 pequenos


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

26/09/2018 | 07:00


Com cinco anos de atraso, a Prefeitura de Diadema entregou, ontem, na Vila Conceição, a creche Professor Roberto Carlos Tapia, antiga Irmã Dulce 2. A unidade atenderá 168 crianças com idade entre zero e 3 anos a partir de hoje, número insuficiente para suprir o deficit de vagas na Educação Infantil, de 6.000 pequenos.

A morosidade para a conclusão do equipamento escolar, cuja obra teve início em 2012 – com previsão de entrega para 2013 –, culminou no encarecimento do projeto em R$ 351 mil. No total, foram investidos R$ 3,3 milhões – sendo R$ 1,7 milhão oriundo do governo federal e o restante fruto de contrapartida do município.

Em evento de inauguração, na tarde de ontem, o prefeito Lauro Michels (PV) destacou que todas as seis obras da Educação herdadas da gestão Mário Reali (PT) foram entregues. No sábado, a administração abriu as portas da creche Professor Rubem Azevedo Alves, antes chamada de Sagrado Coração de Jesus – custou R$ 4,4 milhão –, com oferta de 140 vagas. O chefe do Executivo não informou, entretanto, projetos para amenizar a fila de espera da Educação Infantil, que teve alta de 50% em cinco anos. Ele afirmou apenas que “está trabalhando para melhorar e suprir demanda”.

ATRASO

O contrato de execução da obra da creche da Vila Conceição foi assinado com a Ematec Engenharia e Sistemas de Manutenção em 2012, no entanto, a empresa declarou falência. As intervenções foram paralisadas em 2015 e retomadas no ano passado após nova licitação, vencida pela Alencar Construções.

Michels destaca que, para a continuidade da obra, foi necessária a execução de novo projeto executivo. “O atraso (para retomada) se deu por conta das tratativas de re-projeto entre o Ministério da Educação, o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento na Educação) e a Caixa Econômica Federal. Houve todo um trabalho burocrático que resultou em demora. O projeto foi 100% refeito. Por isso, só conseguimos voltar com a obra no ano passado.”

A creche Professor Roberto Carlos Tapia, de 1.510 metros quadrados, contará com oito educadores, seis auxiliares de classe, uma coordenadora pedagógica e um assistente de coordenação. O funcionamento será de período integral para crianças de 0 a 3 anos.

O nome da unidade homenageia ator circense, um dos fundadores do Programa Circo Escola Diadema, parceiro do Programa Cidade na Escola, que atende alunos da rede pública.

Para a dona de casa Luana Costa do Santo, 25 anos, o equipamento educacional corresponde a oportunidade de conseguir trabalhar, já que, a partir de agora, o filho Alex, 2, poderá frequentar a escola. “Quando o Nino tinha uns 6 meses, fiz inscrição para conseguir vaga para ele. Demorou, mas agora veio. Finalmente, vou poder procurar emprego”, comemorou a mãe. Ela acredita, ainda, que a creche auxiliará no desenvolvimento do filho e o deixará mais feliz.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;