Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Sucesso de vendas, Ka tem recall


Wagner Oliveira
Do Diário do Grande ABC

26/05/2010 | 07:00


Ainda que recall seja demonstração de transparência, a convocação de todos os proprietários do novo Ford Ka para troca de peças não deixa de impor preocupações à montadora. Veículo que garantiu a sobrevivência da fábrica de São Bernardo, o novo Ka foi um dos lançamentos mais bem-sucedidos da Ford, tanto que o duas-portas superou volume de 160 mil unidades produzidas em cerca de três anos. Resta saber como reagirá após tamanha exposição do problema nos meios de comunicação.

De acordo com comunicado da companhia, foi constatada a possibilidade de interferência do chicote elétrico em pontos da carroceria - compartimento do motor e no painel de instrumentos. Com isso, há riscos constantes de queima de fusíveis e inoperância de itens de segurança, como faróis e setas. Em casos extremos, há riscos de curto-circuito e princípio de incêndio no compartimento do motor, podendo ocasionar lesões.

Veículos fabricados até 31 de janeiro de 2010 terão nova fixação do chicote com isolantes. Proprietários podem contatar o centro de atendimento da Ford ou agendar a inspeção em qualquer concessionária.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sucesso de vendas, Ka tem recall

Wagner Oliveira
Do Diário do Grande ABC

26/05/2010 | 07:00


Ainda que recall seja demonstração de transparência, a convocação de todos os proprietários do novo Ford Ka para troca de peças não deixa de impor preocupações à montadora. Veículo que garantiu a sobrevivência da fábrica de São Bernardo, o novo Ka foi um dos lançamentos mais bem-sucedidos da Ford, tanto que o duas-portas superou volume de 160 mil unidades produzidas em cerca de três anos. Resta saber como reagirá após tamanha exposição do problema nos meios de comunicação.

De acordo com comunicado da companhia, foi constatada a possibilidade de interferência do chicote elétrico em pontos da carroceria - compartimento do motor e no painel de instrumentos. Com isso, há riscos constantes de queima de fusíveis e inoperância de itens de segurança, como faróis e setas. Em casos extremos, há riscos de curto-circuito e princípio de incêndio no compartimento do motor, podendo ocasionar lesões.

Veículos fabricados até 31 de janeiro de 2010 terão nova fixação do chicote com isolantes. Proprietários podem contatar o centro de atendimento da Ford ou agendar a inspeção em qualquer concessionária.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;