Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Collares defende candidatura de Garotinho para presidente


Do Diário do Grande ABC

04/06/1999 | 13:38


O ex-governador do Rio Grande do Sul e atual deputado federal Alceu Collares (PDT-RS) defendeu nesta sexta-feira a candidatura do governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, a presidente da República. Segundo Collares, Garotinho representa uma real perspectiva futura de poder e é uma esperança de resgate do trabalhismo no Brasil. ''O Garotinho está fazendo um bom governo no Rio e surpreendendo por medidas, como aquela de subir ao morro e pedir desculpas à família de um jovem morto pela polícia'', observou.

Collares acrescentou que Brizola nao quer ser mais candidato a presidente em 2002. Ele acha que o ex-governador do Rio de Janeiro já deu sua contribuiçao na busca de unidade de oposiçoes, ao aceitar ser candidato a vice-presidente na chapa de Lula, na última eleiçao presidencial.

Também ex-prefeito da capital gaúcha e um dos principais quadros do PDT, Alceu Collares considera que Brizola, por ser o grande líder do PDT, pode ajudar muito, apoiando Garotinho na sucessao do presidente Fernando Henrique Cardoso. ``Em 1994, o Brizola foi para o sacrifício e na última eleiçao teve espírito de renúncia na busca da unidade das oposiçoes. Mas agora o que precisamos é de candidatura própria, com efetiva perspectiva de poder. E o Garotinho é a nossa grande esperança na eleiçao presidencial'', afirmou.

Para o ex-governador gaúcho, Anthony Garotinho é o melhor nome para ser ''o candidato de centro-esquerda no Brasil, com um programa alternativo ao neoliberalismo``, cujo modelo - segundo Collares - está esgotado. Ele defende que o PDT tenha candidato próprio nas próximas eleiçoes municipais, estaduais e presidenciais. Para concorrer à prefeitura de Porto Alegre, se nao surgirem outros nomes, Collares coloca-se à disposiçao do PDT, ``o que significa tirar o PT da prefeitura''.

Depois de apoiar em segundo turno a candidatura vencedora de Olívio Dutra (PT) a governador gaúcho, Collares virou um duro crítico da administraçao petista. Ele é o autor da açao popular que, nessa semana, obteve liminar na justiça e suspendeu a aplicaçao do Orçamento Participativo (OP) estadual. Isto representou uma derrota para Olívio. Collares defende, no lugar do OP, um órgao similar criado em sua administraçao, os Conselhos de Desenvolvimento Regional (Coredes). Ao contrário do Orçamento Participativo, que Olívio pretende que seja a principal vitrine de sua administraçao, os Coredes sao legalizados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Collares defende candidatura de Garotinho para presidente

Do Diário do Grande ABC

04/06/1999 | 13:38


O ex-governador do Rio Grande do Sul e atual deputado federal Alceu Collares (PDT-RS) defendeu nesta sexta-feira a candidatura do governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, a presidente da República. Segundo Collares, Garotinho representa uma real perspectiva futura de poder e é uma esperança de resgate do trabalhismo no Brasil. ''O Garotinho está fazendo um bom governo no Rio e surpreendendo por medidas, como aquela de subir ao morro e pedir desculpas à família de um jovem morto pela polícia'', observou.

Collares acrescentou que Brizola nao quer ser mais candidato a presidente em 2002. Ele acha que o ex-governador do Rio de Janeiro já deu sua contribuiçao na busca de unidade de oposiçoes, ao aceitar ser candidato a vice-presidente na chapa de Lula, na última eleiçao presidencial.

Também ex-prefeito da capital gaúcha e um dos principais quadros do PDT, Alceu Collares considera que Brizola, por ser o grande líder do PDT, pode ajudar muito, apoiando Garotinho na sucessao do presidente Fernando Henrique Cardoso. ``Em 1994, o Brizola foi para o sacrifício e na última eleiçao teve espírito de renúncia na busca da unidade das oposiçoes. Mas agora o que precisamos é de candidatura própria, com efetiva perspectiva de poder. E o Garotinho é a nossa grande esperança na eleiçao presidencial'', afirmou.

Para o ex-governador gaúcho, Anthony Garotinho é o melhor nome para ser ''o candidato de centro-esquerda no Brasil, com um programa alternativo ao neoliberalismo``, cujo modelo - segundo Collares - está esgotado. Ele defende que o PDT tenha candidato próprio nas próximas eleiçoes municipais, estaduais e presidenciais. Para concorrer à prefeitura de Porto Alegre, se nao surgirem outros nomes, Collares coloca-se à disposiçao do PDT, ``o que significa tirar o PT da prefeitura''.

Depois de apoiar em segundo turno a candidatura vencedora de Olívio Dutra (PT) a governador gaúcho, Collares virou um duro crítico da administraçao petista. Ele é o autor da açao popular que, nessa semana, obteve liminar na justiça e suspendeu a aplicaçao do Orçamento Participativo (OP) estadual. Isto representou uma derrota para Olívio. Collares defende, no lugar do OP, um órgao similar criado em sua administraçao, os Conselhos de Desenvolvimento Regional (Coredes). Ao contrário do Orçamento Participativo, que Olívio pretende que seja a principal vitrine de sua administraçao, os Coredes sao legalizados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;