Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Fora dos trilhos


Do Diário do Grande ABC

13/09/2018 | 14:21


É assustadora a revelação de que ultrapassa um ano o período em que a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) está sem empresa que faça a manutenção e a conservação da Linha 10-Turquesa, que liga o Grande ABC à Capital. A situação é de irresponsabilidade atroz, pois coloca em risco a segurança de milhares de passageiros que recorrem diariamente às composições. Causa espanto que aconteça em Estado tão rico quanto São Paulo.

Questionada, a CPTM minimiza a situação. Alega que equipe própria faz os serviços necessários para garantir a tranquilidade dos usuários. Se é realmente assim, cabe um questionamento: por que gastar dinheiro com terceirização de empresa privada se os funcionários da própria companhia dão conta do recado? 

É que, parece, esse não é um argumento 100% confiável. Se estivesse tudo bem, de fato, o Ministério Público também não teria aberto investigação para apurar se há negligência à segurança dos passageiros.

A verdade é que a falta dos serviços de manutenção compromete sim a qualidade do transporte oferecido. Quem diz são os próprios empregados da companhia, que, sob condição de anonimato, informaram não possuir equipamentos necessários nem capacitação adequada para tamanha responsabilidade. O que fazem são gambiarras, nada recomendáveis para ser aplicadas em estruturas tão importantes quanto os trilhos.

Os reflexos da falta de cuidado já são sentidos pelos usuários. Exemplo: por causa da precariedade dos trilhos no trecho entre Capuava e Mauá, que precisam ser substituídos, a velocidade das composições é reduzida de 90 km/h para 20 km/h, o que compromete também a agilidade do sistema.

Infelizmente, para o usuário do Grande ABC, os gestores da CPTM, ligada ao governo do Estado de São Paulo, demonstram pouquíssima boa vontade com a região. Fosse de outra maneira, não teriam reduzido a zero a reserva orçamentária para modernização dos velhos trens que circulam pela Linha 10. Lamentável.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;