Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Viola Davis admite ter se arrependido de papel em 'Histórias Cruzadas'

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Atriz justificou: 'Não quero divulgar uma coisa em que não acredito'



12/09/2018 | 17:11


Apesar de ter sido indicada ao Oscar como melhor atriz por seu papel em Histórias Cruzadas, Viola Davis revelou em uma entrevista para o The New York Times que se arrepende ter interpretado a empregada doméstica Aibileen Clark, em 2011. Ao ser questionada sobre ter se arrependido de não aceitar fazer algum papel, a atriz disse que tinha um ou outro que ela se arrependeu por um minuto mas depois passou, conforme foi amadurecendo:

- Eu dispenso papéis por causa da minha experiência de saber que uma vez que você faz o filme, você terá de divulgá-lo. E eu não quero divulgar uma coisa em que não acredito. Uma pergunta melhor é, eu já aceitei algum papel e me arrependi?

Viola respondeu sua própria pergunta:

- Sim, Histórias Cruzadas está na lista. Mas não em relação à experiência e as pessoas envolvidas porque todos eram ótimos. As amizades que fiz vou manter para o resto da minha vida. Eu tive uma ótima experiência com as outras atrizes, que são seres humanos extraordinários. E eu não poderia pedir por um colaborador melhor que Tate Taylor.

Davis explicou exatamente o motivo de ter se arrependido:

- Eu sinto que no final não foram as vozes das empregadas domésticas que foram escutadas. Eu conheço Aibileen, eu conheço Minny. Elas são minha avó. Elas são minha mãe. E eu sei que se você faz um filme que a premissa é, eu quero saber como é trabalhar para pessoas brancas e mencionar crianças em 1963, eu quero ouvir como você realmente se sente sobre isso. Eu nunca ouvi isso ao decorrer do filme.

Na trama, Viola e Octavia Spencer interpretam duas empregadas domésticas de famílias tradicionais dos Estados Unidos, que sofrem preconceitos e humilhações de diversas formas. As trabalhadoras passam a ser ajudadas por Skeeter, interpretada por Emma Stone, uma jovem jornalista que ao tentar provar para seu chefe que é boa o suficiente, decide escrever um livro sobre a exploração que as domésticas sofrem.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;