Fechar
Publicidade

Domingo, 18 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Idosa aguarda há dois anos por cirurgia renal no Estado

Aposentada de 71 anos tem sofrido com episódios recorrentes de infecção urinária


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

11/09/2018 | 22:10


 A aposentada Maria da Gloria Silva, 71 anos, aguarda há dois anos pela retirada de pedras nos rins. A moradora do Jardim Nazaré, em São Bernardo, tem feito o acompanhamento médico na rede estadual e já passou por diferentes equipamentos de Saúde: Hospital Mário Covas, em Santo André; Hospital Serraria, em Diadema; AME (Ambulatório Médico de Especialidades), também de Santo André; e no Hospital de Transplantes Euryclides de Jesus Zerbini, em São Paulo.

Segundo o filho de Maria da Gloria, o motorista Vander José da Silva, 42, a operação já foi marcada duas vezes e desmarcada pelo governo do Estado sem justificativa. Da última vez, a cirurgia estava agendada para o dia 4 de setembro, em São Paulo, mas foi desmarcada menos de uma semana antes do procedimento. “Eles simplesmente ligam e desmarcam, dizem que temos que aguardar nova data”, reclamou o motorista.

O munícipe afirmou que durante esses dois anos em que espera pelo atendimento médico, exames tiveram que ser refeitos devido à demora no atendimento. Ainda de acordo com o reclamante, a aposentada tem diversos episódios de infecção de urina e sofre com dores. “Tudo isso melhoraria se ela fizesse a cirurgia”, pontuou.

Questionada, a Secretaria do Estado da Saúde informou que a paciente tem procedimento cirúrgico de ureterorrenolitotropsia marcado para esta semana, em continuidade à assistência prestada a paciente, que vem sendo acompanhada por urologista no AME Santo André. Segundo a Pasta, a aposentada já foi orientada sobre o processo e a internação está programada para o dia 13 de setembro, no Hospital de Transplantes do Estado de São Paulo – unidade referência no serviço. O procedimento dependia da disponibilidade de um produto importado, que já está disponível, justificou o governo estadual.

LISTA

Lista de espera para a realização de cirurgias eletivas no Hospital Estadual Mário Covas, incluindo diversas especialidades, conta com pelo menos 2.150 nomes. Os dados são referentes ao dia 31 de julho.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;