Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 16 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com 2 de Lukaku, Bélgica bate Islândia por 3 a 0 em estreia na Liga das Nações



11/09/2018 | 18:24


Responsável pela eliminação do Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia, onde derrotou a equipe de Tite por 2 a 1, a Bélgica deu continuidade ao ótimo momento vivido pela seleção do país ao estrear na recém-criada Liga das Nações da Uefa com uma vitória por 3 a 0 sobre a Islândia, nesta terça-feira, fora de casa, em Reykjavik.

Autor de dois gols e ainda sofrendo um pênalti convertido por Eden Hazard, o atacante Romelu Lukaku foi o grande destaque da partida em solo islandês. Com o triunfo, os belgas somaram os primeiros três pontos no Grupo 2 da Liga A do torneio continental.

Na abertura desta chave, a Suíça aproveitou em grande estilo o fator campo ao massacrar a Islândia por 6 a 0, no último sábado. Assim, pelo melhor saldo de gols, os suíços estão à frente dos belgas como líderes deste grupo que conta apenas com estas três seleções.

Atuando como visitantes em sua primeira competição oficial depois de terem conquistado o terceiro lugar na Copa do Mundo da Rússia, o melhor resultado do país na história do torneio, os belgas abriram o placar aos 29 minutos do primeiro tempo contra a Islândia, com Hazard convertendo pênalti marcado pela arbitragem após Lukaku ter sido puxado dentro da área.

Logo depois, aos 31 minutos, o atacante ampliou para 2 a 0 ao completar de cabeça um cruzamento da direita. Já na etapa final, aos 36, o mesmo goleador decretou o 3 a 0 após Dries Mertens aproveitar uma bobeada de um defensor, roubar a bola e também cruzar da direita para Lukaku, com categoria, desviar de primeira no canto direito baixo do goleiro Halldorsson.

A Bélgica já vinha embalada por uma goleada por 4 a 0 sobre a Escócia, em Glasgow, palco de amistoso realizado na última sexta-feira, e voltará a atuar pela Liga das Nações da Uefa no dia 12 de outubro, contra a Suíça, em Bruxelas. Três dias depois, os islandeses atuarão novamente em casa, mas desta vez contra os suíços.

OUTROS JOGOS - Outras cinco partidas válidas pela novíssima competição europeia foram realizadas nesta terça-feira. Em uma delas, pelo Grupo 3 da Liga B do torneio, a Bósnia e Herzegovina conquistou a segunda vitória em dois jogos ao bater a Áustria por 1 a 0, em casa, na cidade de Zenica. O gol do triunfo bósnio foi marcado pelo atacante Edin Dzeko, que na última sexta-feira havia passado em branco no triunfo por 2 a 1 sobre a Irlanda do Norte, em Belfast, no confronto que abriu esta chave da competição. Assim, a Bósnia lidera com folga este grupo, com seis pontos, contra nenhum somado por irlandeses e austríacos.

Já pela Liga C da competição continental, a segunda rodada do Grupo 2 foi completada com mais dois jogos. Em um deles, a Finlândia bateu a Estônia por 1 a 0, em casa, e se garantiu no topo isolado da chave, com seis pontos. Já a Hungria assumiu a vice-liderança ao derrotar a Grécia por 2 a 1, em Budapeste, com três pontos, mesma pontuação dos gregos, terceiros colocados pelos critérios de desempate. Ainda sem pontuar, os estonianos ocupam a lanterna. Finalmente pela Liga D, a de menor importância entre as quatro divisões deste novo torneio europeu, Luxemburgo superou San Marino por 3 a 0, enquanto Moldávia e Bielo-Rússia empataram por 0 a 0.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;