Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Batidas propositais, jogo sujo e trapaças: relembre atitudes antidesportivas nas pistas

Leo Alves

15/08/2019 | 16:18


Nem sempre uma corrida fica lembrada por uma ultrapassagem espetacular. Algumas entram para história por conta de batidas propositais e até mesmo trapaças. Em 2018, durante o GP de San Marino de Moto 2, Romano Fenati acionou o freio da moto de Stefano Manzi a 200 km/h. A atitude rendeu a desclassificação da prova e a demissão do piloto.

Quer ganhar um e-book exclusivo com dicas para cuidar melhor de seu veículo? Assine nossa newsletter neste link.

Na galeria especial do Garagem360, relembre outras atitudes polêmicas de pilotos. Os links para os vídeos dos incidentes estão nas legendas das fotos.

LEIA MAIS: MINI celebra os 55 anos de sua estreia no cinema; veja filmes com carros marcantes

ABBA, funerária e chinelo: relembre patrocínios bizarros da Fórmula 1

Foto: Karting Nord on VisualHunt.com / CC BY-SA

Alan Jones e Nelson Piquet: durante a largada do GP do Canadá de 1980, Jones acertou propositalmente sua Williams na Brabham de Nelson Piquet. O brasileiro rodou e colidiu com outros carros. Jones seguiu na prova, venceu a corrida e se sagrou campeão do mundo. A batida pode ser vista aqui: https://is.gd/my6RgG

Foto: United Autosports on Visual Hunt / CC BY-SA

Nigel Mansell e Ayrton Senna: Senna estava em segundo durante o GP de Portugal de 1989 quando Mansell foi excluído da prova por conta de um pit stop desastroso. Mesmo desqualificado, o inglês continuou na pista e disputando curva a curva a posição com o brasileiro. Em vez de deixar a Ferrari passar, Senna resolveu dividir a curva. Como não tinha nada a perder, Mansell não aliviou o pé e tirou os dois da prova. O vídeo da batida está aqui:: https://is.gd/ztvRUi

Foto: Paul Lannuier on VisualHunt.com / CC BY-SA

Alain Prost e Ayrton Senna: a vida de Senna não estava fácil em 1989. O acidente com Mansell deixou o piloto muito atrás de Prost na luta pelo seu segundo título. Ayrton precisava vencer de qualquer forma o GP do Japão de 1989 para seguir vivo na disputa. Porém, seu rival francês começou melhor a corrida e liderou até a volta 46, quando Senna deu o bote e tentou ultrapassá-lo. Prost optou por não fazer a curva, deixou seu carro bater no de Ayrton e ainda conseguiu que o brasileiro fosse desclassificado após ter conseguido vencer a prova. O vídeo está aqui: https://bit.ly/2N2M8Gw

Foto: Karting Nord on Visualhunt / CC BY-SA

Ayrton Senna e Alain Prost: um ano após o polêmico GP do Japão de 1989, Senna e Prost novamente disputavam o título. Dessa vez, porém, era o brasileiro que estava em vantagem na tabela. Após perder a liderança na largada, Senna deixou sua McLaren bater propositalmente na Ferrari do francês. Com ambos fora da corrida, Ayrton conquistou seu segundo título. Veja aqui o acidente: https://is.gd/8Ul4AW

Foto: Karting Nord on Visualhunt.com / CC BY-SA

Pierluigi Martini e Christian Fittipaldi: companheiros de Minardi em 1993, ambos protagonizaram um acidente espetacular na chegada no GP da Itália daquele ano. Fittipaldi acertou a traseira de Martini e decolou. O brasileiro, porém, alega que o italiano freou de propósito e foi o responsável pelo acidente. Confira o vídeo: https://is.gd/NuJn4P

Foto: Karting Nord on Visual Hunt / CC BY-SA

Michael Schumacher e Damon Hill: ainda piloto da Benetton, o alemão jogou seu carro em cima da Williams de Hill durante o GP da Austrália de 1994. Com o abandono de ambos, Schumacher conseguiu seu primeiro título de maneira polêmica. A vitória ficou com Nigell Mansell e foi a última glória do inglês na categoria. O vídeo da manobra está aqui: https://is.gd/gGcP7E

Foto: williamsdb on Visual Hunt / CC BY-SA

Ralf Schumacher e Jarno Trulli: companheiros na Jordan em 1997, Ralf Schumacher jogou seu carro em cima de Trulli durante o GP da Argentina, forçando o abandono do italiano. A batida pode ser vista aqui:https://is.gd/4UKU1J

Foto: alessio mazzocco on VisualHunt / CC BY-NC

Michael Schumacher e Villeneuve: o GP da Europa de 1997 entrou para a história com a disputa entre Schumacher e Villeneuve. Durante uma tentativa de ultrapassagem do canadense, o alemão tentou repetir a manobra de três anos antes, mas dessa vez se deu mal. Schumacher abandonou a corrida e foi excluído do campeonato por jogar seu carro contra o adversário. Além disso, teve que se contentar com o título de Villeneuve. O vídeo pode ser visto aqui: https://is.gd/LWuHHr

Foto: Arrr! on Visual Hunt / CC BY-NC

David Coulthard: o GP da Bélgica de 1998 ficou marcado pelo grande acidente da largada. Porém, o grande causador da colisão foi o escocês da McLaren. Ele perdeu o controle de seu carro e levou mais 12 pilotos na batida. O vídeo está aqui: https://is.gd/nkqlOu

Foto: ktpupp on Visual Hunt / CC BY-NC-ND

Michael Schumacher: Fernando Alonso protagonizou uma dura briga com o alemão em 2006. O ápice da disputa foi no GP de Mônaco de 2006, quando Schumacher fez a pole provisória e resolveu “estacionar” sua Ferrari na curva Rascasse, perto da entrada do boxe. Com isso, a bandeira amarela foi acionada e Alonso não conseguiu completar sua volta rápida. A FIA julgou a ação de Schumacher como antidesportiva e puniu o alemão, que além de perder a pole, precisou largar no final do grid. O vídeo está aqui: https://is.gd/JxNOiP

Foto: ChrisMRichards on VisualHunt.com / CC BY-NC-ND

Fernando Alonso vs Lewis Hamilton (Hungria 2007): companheiros na McLaren em 2007, a dupla viveu uma das rivalidades mais fortes dos últimos anos. No GP da Hungria, Alonso demorou mais do que deveria para sair do pit stop, durante o treino classificatório. Hamilton ficou preso atrás e não conseguiu melhorar sua volta, deixando a pole com o espanhol. Porém, a FIA acabou punindo Alonso e Hamilton saiu na ponta daquela corrida. O vídeo esta aqui: https://is.gd/5ZMpDI

Foto: macbiff on VisualHunt.com / CC BY-NC-ND

Nelsinho Piquet: durante o GP de Cingapura de 2008, o brasileiro bateu sua Renault propositalmente para beneficiar Fernando Alonso, seu companheiro, que venceu a corrida por conta do incidente. A maracutaia só foi revelada em 2009, após Nelsinho ser demitido da equipe, e causou o banimento de Flavio Briatore da categoria. A batida pode ser vista aqui: https://is.gd/l0nm6v

Foto: f1photos.org on Visual hunt / CC BY-NC-ND

Michael Schumacher e Rubens Barrichello: ex-companheiros de Ferrari, os dois pilotos disputavam a 10ª posição no GP da Hungria de 2010. Quando o brasileiro tentou ultrapassar a Mercedes de Schumacher, o alemão jogou seu carro contra a Williams de Rubens. Barrichello não se intimidou e conseguiu a ultrapassagem, apesar do susto. Veja o vídeo: https://is.gd/pFZ8w3

Foto: nic_r on Visualhunt.com / CC BY-SA

Romain Grosjean: assim como em 1998, o começo do GP da Bélgica de 2012 foi tumultuado. O principal causador da confusão foi o francês que corria pela Lotus. Na largada, ele fechou a McLaren de Hamilton e ambos colidiram, causando uma batida espetacular e que forçou o abandono de mais gente, incluindo Fernando Alonso. Relembre esta batida aqui: https://is.gd/PwGzPQ

Foto: Scott Kilbourne on Visual Hunt / CC BY-NC-ND

Sebastian Vettel e Mark Webber: aqui não foi um toque proposital, mas uma grande polêmica. Webber liderava o GP da Malásia de 2013, com Vettel em segundo. No final da prova, a equipe pediu para ambos pouparem seus carros e manterem a posição. Só que o alemão foi para cima do australiano e roubou o primeiro lugar. O episódio estragou de vez a relação entre ambos e foi um dos motivos que fez Webber deixar a categoria no final daquele ano. O episódio está aqui: https://is.gd/ol73jZ

Foto: ialla on Visualhunt.com / CC BY-NC-SA

Valentino Rossi e Marc Márquez: após disputarem diversas curvas lado a lado no GP da Malásia de 2015, Rossi se irritou com a aproximação de Márquez e chutou a moto do espanhol, que caiu. O italiano foi punido e precisou largar da última posição na prova seguinte, perdendo o título para Jorge Lorenzo. O vídeo está aqui: https://bit.ly/2N2qQZM

Foto: .Mearn on Visual hunt / CC BY-NC-SA

Matt Kenseth vs Joey Logano: ambos se estranharam por diversas corridas em 2015, com um jogando o carro propositalmente em cima do outro. Este vídeo tem um bom resumo dos embates entre os pilotos da Nascar: https://is.gd/jfTyff

Foto: Karting Nord on Visualhunt.com / CC BY-SA

Nico Rosberg vs Lewis Hamilton: em 2016, a rivalidade entre os dois chegou ao nível mais alto. Companheiros de Mercedes, ambos se tocaram em duas ocasiões, sendo que no GP da Áustria Rosberg deixou seu carro bater no de Hamilton na última volta. Quem se deu melhor foi o inglês, que saiu inteiro e venceu a prova. O alemão quebrou a asa e ficou apenas em quarto. Relembre a disputa aqui: https://bit.ly/2oW7OWq

Foto: emperornie on Visualhunt / CC BY-SA

Sebastian Vettel vs Lewis Hamilton: um acidente de trânsito marcou o GP do Azerbaijão de 2017. Durante uma entrada do safety car, Hamilton reduziu a velocidade de sua Mercedes e Vettel acertou o inglês na traseira. Revoltado com a atitude, o alemão jogou sua Ferrari propositalmente para cima do britânico. Reveja a disputa aqui: https://bit.ly/2N8kMPx

Foto: mrlaugh on Visual Hunt / CC BY-SA

Santino Ferrucci vs Arjun Maini: o simpático piloto com chapéu de cowboy na foto protagonizou uma cena lamentável em 2018, quando pilotava na Fórmula 2. Durante o GP da Inglaterra, ele jogou seu carro contra o companheiro de equipe. Por conta da atitude, ele foi demitido do time. Veja a batida aqui: https://bit.ly/2oVtIsV

Foto: Reprodução/YouTube

Romano Fenati vs Stefano Manzi: em 2018, Fenati acionou o freio da motocicleta de Manzi durante o GP de San Marino de Moto 2. A atitude rendeu a ele a desclassificação da prova e a demissão da equipe. Confira aqui o incidente: https://bit.ly/2QmNQRm

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;