Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alckmin critica Marina por ter saído do PT só em 2008



09/09/2018 | 19:08


Os candidatos ao Planalto pela Rede, Marina Silva, e pelo PSDB, Geraldo Alckmin, travaram um embate sobre os casos de corrupção envolvendo o PT e também os tucanos. Questionado por jornalista como Alckmin pretende se diferenciar do PT, visto que nomes do seu partido também estão envolvidos em investigações de corrupção, o tucano se defendeu: "Aécio (Neves, ex-presidente do PSDB e investigado) não foi julgado", disse, em comparação ao caso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, condenado em segunda instância. Segundo Alckmin, a diferença entre os dois partidos é que ele "não passa a mão na cabeça de ninguém".

Na réplica, Marina Silva afirmou que O PT e o PSDB são "faces da mesma moeda". "Ambos estão envolvidos em casos de corrupção. O que diferencia Aécio dos demais é o fato de ter foro privilegiado". A candidata destacou também que os esquemas de corrupção ganharam força nos governos do PT.

Alckmin aproveitou a tréplica para criticar a ex-senadora por sua antiga relação com o PT. "Ela (Marina) teve 20 anos no PT. Em 2006 tivemos um mensalão e ela não saiu do PT. Só saiu em 2008", argumentou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;