Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Haddad: decisão sobre candidatura será tomada com Lula na segunda-feira, 10

Ricardo Stuckert/ Fotos Públicas  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


06/09/2018 | 17:11


Se o Supremo Tribunal Federal (STF) não liberar a candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad discutirá, na próxima segunda-feira, 10, a substituição do candidato à Presidência com Lula, em Curitiba. Ele deve oficializar a decisão no dia seguinte, prazo máximo estabelecido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para a troca.

A estratégia foi confirmada por Haddad, que deve assumir a candidatura petista ao Planalto, em entrevista ao canal MyNews, no Youtube, e ao site Congresso em Foco. "Em caso de indeferimento, nos reuniremos com Lula na segunda e provavelmente anunciaremos a decisão na terça", afirmou.

O ex-prefeito não quis, no entanto, dizer abertamente quem será o candidato no lugar de Lula.

Haddad reforçou que ainda espera o julgamento de um recurso que está no Supremo pedindo uma liminar para que Lula seja candidato. O partido usa uma manifestação do Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas para sustentar que a Justiça deveria liberar o ex-presidente, preso e condenado na Lava Jato, para concorrer.

O ex-prefeito, que no momento figura como vice da chapa, reconheceu que a estratégia adotada pela legenda compromete a transferência de votos de Lula para o substituto. "Há riscos nessa estratégia, somos os primeiros a reconhecer. Mas nada nos imporia de mudar essa visão em função de um cálculo eleitoral", declarou Haddad, ao falar que a decisão do PT foi defender a candidatura de Lula "até as últimas consequências".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;