Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Exposição na Casa do Olhar trata sobre as nuances do amor

Claudinei Plaza Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Artista plástico Alexandre Barasino assina mostra Sob a Máscara


Miriam Gimenes

07/09/2018 | 07:18


Carlos Drummond de Andrade (1902-1987) era exímio em falar dos sentimentos. Um, em especial, protagonizou diversos de seus textos, que são difundidos até hoje, principalmente em trocas de mensagens dos casais românticos: ‘Que pode uma criatura senão entre criaturas, amar? Amar e esquecer? Amar e malamar. Amar, desamar e amar”. Foi baseado neste forte laço humano que o artista plástico Alexandre Barasino fez parte de sua obra, que acaba de ganhar a exposição Sob a Máscara, o Amor, na Casa do Olhar Luiz Sacilotto, em Santo André.

A ideia surgiu após pesquisa feita pelo artista em 2014, quando iniciou estudo sobre o amor, com enfoque psicológico. “Foi aí que desenvolvi o conceito das máscaras, que falam muito sobre a gente. Quando uso este termo coloco os sete pecados capitais também, ira, cobiça, gula etc. E, sob essa ‘carcaça’ que formamos, ou a máscara, lá no fundo, na nossa essência, temos em comum o amor.”

Para exemplificar o que constatou em suas pesquisas, Barasino tratou de confeccionar 33 obras, divididas em cinco séries. Elas foram feitas nos últimos quatro anos, em diferentes suportes e com técnicas variadas, como colagem, desenho e pintura. “Trabalho sobre camadas, tinta, colagem, sempre sobrepondo, fazendo uma analogia do que nós somos, cheios de camadas. Os desenhos são com muitas linhas, muitos riscos. Não é um traço limpo, é bastante expressivo”, explica.

Segundo a curadora Lisa Mangussi, “ a exposição apresenta obras cuja pesquisa diz respeito ao feminino, ao amor, ao comportamento humano, às nossas verdades e às máscaras que criamos em determinadas situações. E o que tempera e traz dinamismo às suas produções é a dualidade: o bem e o mal, o amor e o ódio, o que é verdadeiro, a essência, e o que é uma farsa, a máscara”.

A mostra conta também com audiodescrição de quatro obras, realizadas por Ana Carolina Konecsni, tornando a exposição acessível também às pessoas com deficiência visual. “Basta ter o aplicativo de QRCode no celular para ler o código das respectivas obras e escutar a descrição”, explica o artista, que é morador de Santo André há oito anos, pós-graduado em História da Arte Contemporânea e Educação, e faz sua primeira exposição individual na região.

Sob a máscara, o amor – Exposição. Casa do Olhar Luiz Sacilotto – Rua Campos Sales, 414, em Santo André. Até 24 de setembro, das 10h às 17h. Gratuito. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;