Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Grupo agride homem que assediou mulher dentro de ônibus em Praia Grande



06/09/2018 | 15:58


Um grupo de passageiros agrediu um ajudante de cozinha, de 30 anos, após o suspeito ter se masturbado dentro de um ônibus em Praia Grande, litoral de São Paulo. O caso aconteceu no domingo, 1º de setembro, por volta das 11h45 da manhã.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), uma mulher, de 28 anos, contou que estava sentada na mesma fileira do homem, quando ele abaixou as calças e fez gestos obscenos.A vítima começou a gritar e a motorista parou o ônibus e acionou a polícia.

Ainda de acordo com a SSP, enquanto aguardavam a chegada da PM, populares que estavam no local invadiram o coletivo e agrediram o homem.

Após ter diversas lesões pelo corpo, o ajudante de cozinha foi levado à Unidade de Pronto Atendimento Samambaia. Depois de ser atendido no hospital, ele foi levado para a delegacia.

Ele foi indiciado por ato obsceno e importunação ofensiva ao pudor e encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grupo agride homem que assediou mulher dentro de ônibus em Praia Grande


06/09/2018 | 15:58


Um grupo de passageiros agrediu um ajudante de cozinha, de 30 anos, após o suspeito ter se masturbado dentro de um ônibus em Praia Grande, litoral de São Paulo. O caso aconteceu no domingo, 1º de setembro, por volta das 11h45 da manhã.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública (SSP), uma mulher, de 28 anos, contou que estava sentada na mesma fileira do homem, quando ele abaixou as calças e fez gestos obscenos.A vítima começou a gritar e a motorista parou o ônibus e acionou a polícia.

Ainda de acordo com a SSP, enquanto aguardavam a chegada da PM, populares que estavam no local invadiram o coletivo e agrediram o homem.

Após ter diversas lesões pelo corpo, o ajudante de cozinha foi levado à Unidade de Pronto Atendimento Samambaia. Depois de ser atendido no hospital, ele foi levado para a delegacia.

Ele foi indiciado por ato obsceno e importunação ofensiva ao pudor e encaminhado ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;