Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Dodô celebra momento do Santos e diz que ainda não foi procurado para renovar



04/09/2018 | 14:30


Emprestado até o fim da temporada ao Santos, o lateral-esquerdo Dodô revelou nesta terça-feira que ainda não foi procurado para tratar da possibilidade de renovação com o clube. A cerca de três meses para o fim do calendário santista em 2018, o jogador garantiu não se preocupar com o impasse.

"O Santos ainda não me procurou, nem nenhum time. A gente estava vivendo um momento tão importante no campeonato, na Copa do Brasil e na Libertadores, que todos estavam concentrados nisso. Teve também a parte política do clube. Pode ser por isso que ninguém me procurou. Mas tem alguns meses para terminar a temporada. Me sentiria mais confortável em conversar alguma coisa depois que o campeonato acabasse", declarou.

Dodô tem os direitos ligados à Sampdoria. O jogador fez bons jogos na temporada e a tendência é que o Santos tente sua permanência, até pela falta de nomes para o setor. O clube pode propor um novo empréstimo ao time italiano ou exercer a cláusula de compra automática prevista no empréstimo, por cerca de 1,5 milhão de euros.

Mas Dodô faz questão de afastar esta pendência e garante estar focado exclusivamente nos jogos restantes do Santos na temporada. O jogador considerou que o duelo com o Grêmio nesta quinta-feira, no Pacaembu, pode ser fundamental para afirmar a boa fase da equipe e aproximá-la da luta por uma vaga na Libertadores.

"É uma partida que pode ser um passo firme. A gente vem subindo degrau por degrau e pode ser um jogo para nos estabilizar neste grupo, sonhando com Libertadores. Não é uma partida decisiva, mas acho que será importante. Temos que levar muito a sério", apontou.

O lateral também celebrou o bom momento santista e considerou que o confronto diante do Cruzeiro na Copa do Brasil foi fundamental para a reação na temporada. Depois da vitória no Mineirão - mesmo que seguida de queda nos pênaltis -, o time venceu as três partidas que fez pelo Brasileirão, deixou a parte de baixo da tabela e já sonha com vaga na Libertadores.

"O jogo que a gente fez contra o Cruzeiro na Copa do Brasil foi um divisor de águas. Apesar de a gente ter sido eliminado nos pênaltis, foi uma vitória importante. Era um jogo com o pior cenário possível: havíamos perdido o jogo em casa, tomamos um gol na primeira finalização deles e conseguimos virar o jogo mesmo com o Mineirão lotado. Acho que foi uma reação muito importante, que fez com que o grupo acreditasse. O Cruzeiro era e é um dos melhores times do Brasil", avaliou.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;