Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Repasses da União ao Museu Nacional caíram mais de 30% entre 2013 e 2017



03/09/2018 | 13:35


Nos últimos cinco anos, os repasses da União ao Museu Nacional do Rio de Janeiro encolheram mais de 30%, aponta levantamento feito pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) da Câmara dos Deputados. Em 2013, foram R$ 979 mil em pagamentos executados pelo museu, já em 2017 esse montante chegou a R$ 643 mil. Neste ano, esses repasses não chegam a R$ 100 mil. Em 2018, de acordo com o levantamento, foram utilizados R$ 51.880 para programa de bolsa de estudos e R$ 46.235 para outras despesas.

Mais cedo, o ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, afirmou que a Polícia Federal iniciou as investigações sobre as causas do incêndio que destruiu ontem o Museu Nacional. O Corpo de Bombeiros do Rio disse nesta manhã que o trabalho de rescaldo deve durar mais de dois dias, por se tratar de um prédio histórico e de uma instituição cultural.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Repasses da União ao Museu Nacional caíram mais de 30% entre 2013 e 2017


03/09/2018 | 13:35


Nos últimos cinco anos, os repasses da União ao Museu Nacional do Rio de Janeiro encolheram mais de 30%, aponta levantamento feito pela Comissão Mista de Orçamento (CMO) da Câmara dos Deputados. Em 2013, foram R$ 979 mil em pagamentos executados pelo museu, já em 2017 esse montante chegou a R$ 643 mil. Neste ano, esses repasses não chegam a R$ 100 mil. Em 2018, de acordo com o levantamento, foram utilizados R$ 51.880 para programa de bolsa de estudos e R$ 46.235 para outras despesas.

Mais cedo, o ministro da Educação, Rossieli Soares da Silva, afirmou que a Polícia Federal iniciou as investigações sobre as causas do incêndio que destruiu ontem o Museu Nacional. O Corpo de Bombeiros do Rio disse nesta manhã que o trabalho de rescaldo deve durar mais de dois dias, por se tratar de um prédio histórico e de uma instituição cultural.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;