Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Ele inaugurou o Bruno Daniel


Ademir Medici

01/09/2018 | 07:00


 Clovis, Luizinho, Juba (Moacir), Cite e Shell (Alberto), Moacir (Mário) e Enir; Roney, Mário (Jandaia), Sapito (Marco Antonio) e Estefano. 

Esta foi a formação do Santo André Futebol Clube que participou da partida de fundo na inauguração do Estádio Municipal de Santo André (hoje “Bruno Daniel”), em 14 de dezembro de 1969. 

Foi um amistoso frente à Sociedade Esportiva Palmeiras. Deu Palmeiras: 4 a 0.

Shell? Quem foi este lateral-esquerdo do Ramalhão na escalação daquele jogo histórico? Por onde andaria o Shell?

José Chéu (e não Shell) da Silva está muito bem. Mora em São Bernardo. É gerente de vendas na Gonçalves Imóveis e Condomínios, agência do bairro Assunção. Nosso convidado desta semana no programa Memória na TV, do DGABC TV. Confiram em www.dgabc.com.br.

Chéu conta histórias. Resume sua vida pessoal e esportiva. Traz um verdadeiro histórico por escrito. Cita nomes de atletas, dirigentes e jornalistas. Fala com carinho do jornalista e radialista Jurandir Martins, que foi quem o popularizou como Shell – lembrando a marca petrolífera famosa.

UM BARRACO

Chéu adora o que faz. Mas tem uma história ligada ao futebol desde o infantil na sua Guaraçaí, interior de São Paulo, até a carreira de árbitro, que o levou a conhecer os principais estádios brasileiros.

Foi descoberto em Araçatuba pelo Bangu do Rio, tempo de um ataque arrasador: Paulo Borges (Risadinha), Parada, Bianchini e Aladim.

No Rio, descobriu que Santo André estava montando um time profissional. Veio. Participou da inauguração do Bruno Daniel. E no mesmo ano de 1969 chegou a São Bernardo, para trabalhar na Volkswagen e jogar pelo Volkswagen Clube.

Foram dez anos de VW. Afiador de ferramenta era o seu ofício. Mas o que fazia mesmo era jogar futebol. No sábado, as partidas pelo VW Clube; aos domingos, a defesa das cores do Esporte Clube Brasil, do presidente Almerindo Protti, o Velho Brota.

“O campo do Brasil ficava na Rua Frei Gaspar. Na linha lateral havia os vestiários, o barzinho do Sr. Brota e um barraco. Não tenho vergonha de dizer: eu morei naquele barraco”, rememora Chéu no Memória na TV.

TRÊS LEMBRANÇAS

1ª – Torneio Desafio ao Galo. CMTC Clube. O VW Clube, 11 partidas invictas, chega à finalíssima do ‘Super Galo’, frente ao poderoso Parque da Mooca, com vários profissionais. Empate no tempo normal. Disputa de pênalti. Nas cobranças alternativas, é a vez de Chéu. Mete a bola nos eucaliptos. E o Parque da Mooca fica com o título.

2ª – 1988. Final do Campeonato Mineiro. Mineirão. Atlético 1, Cruzeiro 0. Quem apita? Ele, José Chéu da Silva, eleito o melhor árbitro do ano.

3ª – Em Guaraçaí, menino. Chéu era chamado Zé Preto. Lateral esquerdo vigoroso. Passa a ganhar a vida correndo atrás de uma bola. Em São Bernardo chega à Seleção Municipal. E torna-se campeão pelo Olaria da Vila Baeta.

Diário há 30 anos

Quinta-feira, 1º de setembro de 1988 - ano 31, edição 6846

Grande ABC – Três cidades estão sob estado de alerta: São Bernardo, São Caetano e Diadema.

Rio Grande da Serra – Mais de 300 filhotes de marrecos de Pequim chegam à cidade, encomendados pela Prefeitura, dentro do programa de piscicultura voltado à assistência aos idosos.

Economia – Futuro da indústria preocupa Paulo Villares, presidente das empresas Villares que, entre outras, têm unidades em São Bernardo e São Caetano.

Memória – À sombra da paineira.

Em 1° de setembro de...

1893 – Decreto concede a exoneração solicitada pelo cidadão Aureliano Augusto de Carvalho do cargo de ajudante do Núcleo Colonial de São Bernardo.

1913 – Em greve os canteiros de Ribeirão Pires.

1918 – Organizada no Distrito de Santo André, Município de São Bernardo, uma comissão regional de escoteiros.

Entre os dirigentes, nomes hoje reverenciados pela história local: presidente honorário, professor José Augusto Leite Franco; presidente, José Luiz Flaquer; vice-presidentes, coronel Saladino Cardoso Franco e Dr. Norberto de Oliveira; secretário, professor Ranulpho Pereira; tesoureiro, Luiz Lobo Junior; procurador, Nicolau Arnoni; vogais: Dr. Francisco Perroni, coronel João Caçapava, Alfredo Flaquer Sobrinho e José Mariano Garcia Junior.

A guerra. Do noticiário do Estadão: Washington, 31. O presidente Wilson sancionou a nova lei militar, ontem aprovada pelo Congresso, que autoriza a chamar às armas todos os homens entre 18 e 45 anos.

1935 – Fundado o Palestra Itália de São Bernardo.

1963 – Lauro Gomes de Almeida tem a sua candidatura a prefeito lançada em Santo André.

Santos do Dia

Egídio era de Atenas. Em 683 viajou para a França. Com fama de santidade, refugiou-se numa caverna. Morreu, provavelmente, em 1º de setembro de 720. Logo após, os devotos fizeram da sua sepultura um ponto obrigatório de peregrinação. 

Beatriz da Silva e Menezes

Josué

Terenciano

Vitório

Hoje

Início da Semana da Pátria

Dia do Profissional de Educação Física

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 1º de setembro:

Em São Paulo, Mogi das Cruzes, um dos 10 mais antigos do Estado, Criado em 1611. Faz divisa com o Grande ABC: de um lado, Taquaruçu, em Mogi das Cruzes; espigão abaixo, Paranapiacaba, em Santo André.

Em Pernambuco: Aliança.

Em Minas Gerais: Cana Verde, Ewbank da Câmara, Ipiaçu, Passa Quatro e Serra do Salitre.

Na Bahia: Igaporã e Itiruçu. 

No Rio Grande do Norte: Jardim do Seridó.

No Mato Grosso: Salto do Céu.

No Pará: Tomé-Açu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;