Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Ministro japonês e autoridades chinesas endossam sistema de comércio global



31/08/2018 | 11:02


O ministro de Finanças do Japão, Taro Aso, e autoridades chinesas garantiram apoio ao sistema multilateral de regulação do comércio global antes de uma possível nova rodada de tarifas dos EUA numa disputa relacionada à política de Pequim para a tecnologia.

Aso, que estava em Pequim para discussões financeiras, não fez menção hoje ao conflito comercial da China com o presidente dos EUA, Donald Trump, mas disse hoje que ambos os lados concordam que "medidas protecionistas" não ajudam país algum.

Aso não deu indicação se foram discutidas as políticas industriais e restrições a negócios estrangeiros da China, que estão no cerne das disputas com Washington, Europa e outros parceiros comerciais.

Nos últimos meses, o governo Trump impôs tarifas a US$ 50 bilhões em produtos chineses, levando Pequim a retaliar na mesma medida contra bens americanos.

A Casa Branca poderá aplicar tarifas a mais US$ 200 bilhões em produtos da China, já na próxima semana, e Pequim promete retaliar novamente.

A decisão de Trump de agir com base na legislação americana, em vez de recorrer à Organização Mundial de Comércio, gerou queixas do Japão, Europa e outros aliados de que seu governo está minando o sistema global de comércio.

Aso se reuniu nesta sexta-feira com o seu equivalente chinês, Liu Kun. Ontem, o ministro japonês teve encontros com o vice-primeiro-ministro Liu He, que liderou uma das discussões comerciais com Washington, e outro vice-premiê, Han Zheng. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;