Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Para Paulo Serra, é inegável esforço de Turco


Fabio Martins

31/08/2018 | 07:19


Às vésperas da empreitada eleitoral, o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), relatou ser “inegável” a atuação do deputado estadual Luiz Turco (PT), único parlamentar hoje com reduto na esfera andreense, para destinar recursos, por meio de emendas, ao município. “Ele se esforçou para trazer emendas para a cidade, isso é inegável. Infelizmente, algumas coisas não se concretizaram”, disse, se referindo à efetivação do pagamento de repasse, vinculado ao governo de São Paulo. No ano passado, em sua totalidade, o Estado encaminhou apenas R$ 785 mil em verbas relativas à sugestão parlamentar.

O tucano emendou que, se Turco for reeleito para o segundo mandato, irá “continuar com diálogo aberto, porque o pano de fundo de tudo isso é Santo André, que é o mais importante”. O petista foi eleito em 2014 sendo a aposta do governo anterior, encabeçado por Carlos Grana (PT). Então presidente do PT municipal, Turco obteve, na ocasião, 78,6 mil votos – destes, 42,6 mil sufrágios foram conquistados em solo andreense –, com apoio do Paço. O parlamentar forma, atualmente, bancada regional composta somente por nomes do PT, ao lado de Luiz Fernando Teixeira, Ana do Carmo e Teonilio Barba, todos de São Bernardo.

Para esse exercício, Turco divulgou que, somando todos os valores incluídos no orçamento aprovado na Assembleia Legislativa, ficou previsto R$ 1,39 milhão em emendas parlamentares e R$ 32,2 milhões em propostas orçamentárias.

No pacote, R$ 16 milhões para obras de reforma do antigo espaço da Rhodia para a implantação do Polo Tecnológico.
Paulo Serra tem sustentado, no entanto, que quatro figuras integram lista de candidatos que levantam a bandeira do projeto político em atuação na cidade: Ailton Lima (PSD), Edson Sardano (PTB), ambos ex-integrantes do governo e postulantes a federal, e os vereadores Professor Jobert Minhoca (PSDB) e Almir Cicote (Avante, presidente da Câmara), a estadual. O prefeito citou que, “dentro das candidaturas que estão alinhadas com o projeto e fora do expediente, sempre que convocado”, estará “à disposição”.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;