Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Imigrantes são suspeitos de 65% dos crimes

Bianca Paiva/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Entre janeiro e agosto, foram registrados 1.136 BOs, dos quais 738 teriam sido cometidos por venezuelanos



30/08/2018 | 07:43


Os venezuelanos são suspeitos de cometer 65% dos crimes registrados em Pacaraima neste ano, conforme dados da Polícia Civil de Roraima. Entre janeiro e agosto, foram registrados 1.136 boletins de ocorrência na cidade, dos quais 738 teriam sido cometidos por venezuelanos. O número é quase seis vezes maior do que em todo o ano de 2016, quando houve 128. Neste ano, foram instaurados 69 inquéritos e 39 venezuelanos foram presos em flagrante ou indiciados.

Os dados informados, porém, não especificam quais os tipos de crime. Por isso, não é possível saber se há emprego de violência. "A maioria é de crimes de roubo, furto, lesão corporal e ameaça", publicou a delegada geral Giuliana Castro Lima, no Facebook. "É natural: quando existe maior número de pessoas, há aumento de alguns índices de violência", contextualiza o professor da UFRR João Carlos Jarochinski, especialista em Relações Internacionais. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;