Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 28 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ponte na Av.dos Estados ficará pronta em 6 meses

Elevado substituirá travessia que cedeu em janeiro de 2017, na região do bairro Santa Terezinha


Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

30/08/2018 | 07:00


 Santo André), homologou ontem contrato com a empresa Emparsanco Engenharia S/A para construção de ponte na Avenida dos Estados, na região do bairro Santa Terezinha. A nova travessia ficará na altura do Sesi (Serviço Social da Indústria), nas proximidades da estrutura que precisou ser demolida em janeiro do ano passado, após sofrer dano estrutural irreversível. A previsão é a de que o viário seja entregue em seis meses.

O objetivo da obra, que será realizada na altura da Rua Bartolomeu de Gusmão, com acessos cruzando a Praça Samuel de Castro Neves, é construir estrutura para atender o trânsito de motoristas que têm como destino os bairros do 2º Subdistrito de Santo André.

O viário ainda vai favorecer condutores que circulam pela Avenida dos Estados sentido São Caetano e desejam retornar sentido Mauá. A ponte ainda permitirá o acesso ao Viaduto Presidente Castelo Branco e à Avenida Prestes Maia, no sentido da Via Anchieta, São Bernardo e Diadema.

A nova ponte, segundo o município, foi redimensionada para ser compatível com a vazão atual do Rio Tamanduateí e ainda proteger as redes laterais. A estrutura terá 26 metros de comprimento, tendo três faixas de rolamento com 3,5 metros de largura cada uma. Em uma das laterais haverá ainda uma passagem de pedestres, e todo viário do entorno será adaptado.

A empresa Emparsanco Engenharia S/A, além da construção da ponte, deverá realizar adaptações no viário do entorno, além da adequação do sistema de microdrenagem para o escoamento das águas de chuva.

O contrato, viabilizado após a Prefeitura de Santo André realizar uma concorrência internacional, custará R$ 3,5 milhões aos cofres municipais, valor que servirá como contrapartida ao financiamento de US$ 25 milhões – cerca de R$ 102 milhões na cotação de ontem – do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para um amplo projeto de Mobilidade Urbana em Santo André.

Assinado em julho, o contrato de empréstimo com o BID permitirá que o município execute intervenções nos viadutos Antônio Adib Chammas, no Centro – sendo este projeto inicial –, e Castelo Branco, no bairro Santa Terezinha, além de incluir ações em corredores de ônibus incluindo o eixo que ligará a Estação Prefeito Celso Daniel até o Largo do Ipiranguinha, com quatro quilômetros de vias qualificadas, segundo o Paço.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ponte na Av.dos Estados ficará pronta em 6 meses

Elevado substituirá travessia que cedeu em janeiro de 2017, na região do bairro Santa Terezinha

Daniel Macário
Do Diário do Grande ABC

30/08/2018 | 07:00


 Santo André), homologou ontem contrato com a empresa Emparsanco Engenharia S/A para construção de ponte na Avenida dos Estados, na região do bairro Santa Terezinha. A nova travessia ficará na altura do Sesi (Serviço Social da Indústria), nas proximidades da estrutura que precisou ser demolida em janeiro do ano passado, após sofrer dano estrutural irreversível. A previsão é a de que o viário seja entregue em seis meses.

O objetivo da obra, que será realizada na altura da Rua Bartolomeu de Gusmão, com acessos cruzando a Praça Samuel de Castro Neves, é construir estrutura para atender o trânsito de motoristas que têm como destino os bairros do 2º Subdistrito de Santo André.

O viário ainda vai favorecer condutores que circulam pela Avenida dos Estados sentido São Caetano e desejam retornar sentido Mauá. A ponte ainda permitirá o acesso ao Viaduto Presidente Castelo Branco e à Avenida Prestes Maia, no sentido da Via Anchieta, São Bernardo e Diadema.

A nova ponte, segundo o município, foi redimensionada para ser compatível com a vazão atual do Rio Tamanduateí e ainda proteger as redes laterais. A estrutura terá 26 metros de comprimento, tendo três faixas de rolamento com 3,5 metros de largura cada uma. Em uma das laterais haverá ainda uma passagem de pedestres, e todo viário do entorno será adaptado.

A empresa Emparsanco Engenharia S/A, além da construção da ponte, deverá realizar adaptações no viário do entorno, além da adequação do sistema de microdrenagem para o escoamento das águas de chuva.

O contrato, viabilizado após a Prefeitura de Santo André realizar uma concorrência internacional, custará R$ 3,5 milhões aos cofres municipais, valor que servirá como contrapartida ao financiamento de US$ 25 milhões – cerca de R$ 102 milhões na cotação de ontem – do BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para um amplo projeto de Mobilidade Urbana em Santo André.

Assinado em julho, o contrato de empréstimo com o BID permitirá que o município execute intervenções nos viadutos Antônio Adib Chammas, no Centro – sendo este projeto inicial –, e Castelo Branco, no bairro Santa Terezinha, além de incluir ações em corredores de ônibus incluindo o eixo que ligará a Estação Prefeito Celso Daniel até o Largo do Ipiranguinha, com quatro quilômetros de vias qualificadas, segundo o Paço.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;