Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Justiça nega pedido de prisão temporária de autor de feminicídio em São Bernardo

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

No último sábado, o auxiliar de pedreiro matou a ex-mulher com facadas nas costas e na lateral do corpo


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

29/08/2018 | 20:43


A Justiça negou hoje o pedido de prisão temporária do ajudante de pedreiro Adilson Alves dos Santos, 42 anos, que matou no último sábado, em São Bernardo, a ex-mulher, a faxineira Alessandra Oliveira da Silva, 39. A informação foi passada pelo delegado Wagner Milhardo Alves, titular do 3° DP (Distrito Policial) da cidade, unidade responsável pela investigação. Alves explicou que serão juntados os laudos faltantes e o inquérito será relatado com pedido de prisão preventiva.

Na tarde do último sábado, o auxiliar de pedreiro aguardou a passagem de Alessandra pelo trajeto entre a casa e o trabalho e após uma discussão, a atingiu com uma faca na lateral do corpo e nas costas, fugindo em seguida. Quando o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a vítima já estava morta. Uma câmera de segurança da GCM (Guarda Civil Municipal) de São Bernardo registrou o momento em que Santos chega ao local. Um dia antes, Alessandra - que já estava separada do ex-companheiro devido ao uso de crack por parte dele havia três meses - o proibiu de entrar na casa onde morava.

Segundo o TJ (Tribunal de Justiça ) de São Paulo, o Grande ABC registrou até junho deste ano 19 feminicídios. Na última semana, dois novos casos entraram para as estatísticas. Além de Alessandra, morta no sábado, Vanessa Caetano de Oliveira, 38 anos, foi morta pelo namorado Jaime Borges de Lima, 67, em Mauá, na quinta-feira (23). Nos dois casos, as vítimas eram faxineiras e foram atacadas com facas. Lima foi preso e Santos segue foragido.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados