Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Justiça confirma indenização de R$ 3,9 milhões à família de Amarildo

Arquivo EBC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em 2013, pedreiro desapareceu na favela da Rocinha, onde morava, após uma abordagem policial



29/08/2018 | 15:54


A Justiça do Rio confirmou, em segunda instância, a indenização de R$ 3,9 milhões à família do pedreiro Amarildo Dias de Souza, que desapareceu na favela da Rocinha, na zona sul, onde morava, em 14 de julho de 2013, após uma abordagem policial. Em 2016 a Justiça condenou 13 policiais militares por envolvimento na morte de Amarildo. Eles foram acusados de tortura seguida de morte, ocultação de cadáver e fraude processual.

Também em 2016, a Justiça determinou que o governo do Estado do Rio pagasse R$ 500 mil à viúva de Amarildo, Elisabete da Silva, e o mesmo valor a cada um de seus seis filhos, além de R$ 100 mil a cada um dos quatro irmãos do pedreiro.

O governo do Rio recorreu, tentando reduzir o valor da indenização, e o caso foi julgado nesta terça-feira pela 16ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio. Os desembargadores mantiveram os valores, mas o Estado do Rio ainda pode recorrer tanto ao próprio Tribunal de Justiça do Rio como ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) e ao Supremo Tribunal Federal (STF).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;