Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Debate resgata regionalidade para resolver eixos centrais

Claudinei Plaza/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Fabio Martins

29/08/2018 | 07:28


Em painel realizado ontem pelo Diário e USCS (Universidade Municipal de São Caetano), com participação de especialistas de oito áreas, na sede da instituição de ensino, o debate apontou a retomada da pauta de regionalidade, aliado a auxílio de aportes externos, na tentativa de atacar problemas centrais do Grande ABC. A proposta de resgate do tema envolveu identificar os principais desafios locais e apresentar soluções integradas, tendo como foco, justamente em período eleitoral, formatar texto endereçado aos candidatos ao governo de São Paulo – são 12 no total.

Foram dois blocos com quatro palestrantes em cada, indicando os gargalos que deveriam ser destacados nos planos de governos dos futuros ocupantes do cargo de chefe do Palácio dos Bandeirantes nos próximos quatro anos.
Secretária adjunta de Mobilidade Urbana de Santo André, Andrea Brisida frisou que há dois grandes desafios a serem enfrentados: investimento na infraestrutura viária e integração metropolitana. A busca por saídas conjuntas, segundo ela, continua fundamental, destacando papel do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC neste contexto. “Não há capacidade viária que dê conta do crescimento da frota (de veículos). Falta de integração entre os modais é gritante”, disse, adicionando que em série de casos há projetos, mas que não saem do papel ao citar a Linha 18-Bronze (Tamanduateí-Djalma Dutra) – contrato foi assinado em 2014.

Ex-secretária de Saúde andreense, a médica Vânia Barbosa criticou a Emenda Constitucional número 95, que limita os gastos da União por 20 anos. Para ela, é essencial organizar o sistema de Saúde e ampliar o número de leitos, o que não quer dizer construção de novo equipamento estadual. “Em um diagnóstico, o Hospital (de Clínicas Doutor Radamés) Nardini necessita ser estadualizado. A cidade não tem condições (de continuar no comando).”

Na Segurança, o delegado David Siena mencionou que o futuro mandatário do Estado terá que agir, sobretudo, no combate a furtos e estupros, “investindo na investigação”. “Não adianta só patrulhar, é enxugar gelo. Tem que dar atenção para desmantelar quadrilhas que se alimentam da economia criminal”. Ex-titular de Desenvolvimento Econômico de São Bernardo, o economista Jefferson José da Conceição falou em inserir a região “de forma ousada” no conceito de indústria 4.0, trabalhar eixo do Polo Tecnológico e atrair laboratórios atrelados à pesquisa.

Além desses temas, os especialistas Paulo Garcia, sobre Educação, Joaquim Celso Freire, sobre Arte e Cultura, Marta Marcondes, sobre Meio Ambiente, e Enio Moro Júnior, sobre Habitação, teceram falhas e soluções.

O evento completo pode ser visto na página do Diário no Facebook e, no fim de semana, o jornal trará reportagem abrangente sobre o que o Grande ABC necessita do próximo governador.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados