Fechar
Publicidade

Sábado, 22 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Calçada esburacada gera transtornos em Diadema

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Passagem na Rua Cidade de Jundiaí atrapalha a rotina de pessoas com dificuldade de locomoção


Bianca Barbosa
Especial para o Diário

29/08/2018 | 07:00


 Calçada esburacada na Rua Cidade de Jundiaí, no Centro de Diadema, traz dor de cabeça constante aos moradores da vizinhança. Por acumular mato, sujeira e ter um muro com problemas – que já caiu diversas vezes –, a passagem obriga pedestres a caminhar pela rua, que é muito movimentada por ser próxima à Prefeitura, INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) e Fórum Trabalhista.

“O problema na calçada é gravíssimo. Aqui é uma rua de passagem de idosos, por conta do INSS. Também passa bastante gente com problema de saúde, e trabalhadores. Todo mundo é obrigado a ir pela rua, se arriscando”, contou a dona de casa Alexsandra Benevenuto, 47 anos. 

Mesmo a calçada sendo responsabilidade do proprietário do imóvel, Alexsandra disse que moradores já foram à administração municipal reclamar sobre os outros problemas do terreno, e cobrar fiscalização, mas não tiveram resposta.

“Tem um rapaz que sobe todo dia de cadeira de rodas e ele vai pela rua, com os carros desviando dele, porque as calçadas são todas quebradas e cheias de degraus”, ressaltou o ajudante geral. Ele mora no local há 35 anos, e não se conforma com a situação da via. 

Enquanto a equipe do Diário conversava com os moradores, cerca de 15 pessoas passaram pelo local, nenhuma pela calçada. A Prefeitura de Diadema não retornou até o fechamento desta edição.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;