Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Colômbia e Peru prometem construir banco de dados sobre imigrantes venezuelanos



28/08/2018 | 19:09


As autoridades de imigração colombianas e peruanas prometeram construir um banco de dados conjunto para compartilhar informações sobre o número crescente de venezuelanos que estão fugindo da crise econômica e humanitária do país comandado por Nicolás Maduro. O plano foi anunciado na terça-feira após uma reunião regional de dois dias com o objetivo de desenvolver uma resposta unificada ao êxodo de pessoas da Venezuela.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 2,3 milhões de venezuelanos fugiram do país desde 2014, com a maioria indo para o Peru ou a Colômbia. Cerca de 1 milhão de venezuelanos chegou à Colômbia em menos de dois anos, enquanto autoridades peruanas dizem que há mais de 400 mil habitantes no país.

O diretor do órgão responsável pela política de imigração da Colômbia, Christian Kruger, disse que o banco de dados permitirá que as nações compartilhem informações sobre temas como status de imigração, saúde e segurança. Ele espera que outras nações, incluindo o Equador, se unam ao projeto. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Colômbia e Peru prometem construir banco de dados sobre imigrantes venezuelanos


28/08/2018 | 19:09


As autoridades de imigração colombianas e peruanas prometeram construir um banco de dados conjunto para compartilhar informações sobre o número crescente de venezuelanos que estão fugindo da crise econômica e humanitária do país comandado por Nicolás Maduro. O plano foi anunciado na terça-feira após uma reunião regional de dois dias com o objetivo de desenvolver uma resposta unificada ao êxodo de pessoas da Venezuela.

A Organização das Nações Unidas (ONU) estima que 2,3 milhões de venezuelanos fugiram do país desde 2014, com a maioria indo para o Peru ou a Colômbia. Cerca de 1 milhão de venezuelanos chegou à Colômbia em menos de dois anos, enquanto autoridades peruanas dizem que há mais de 400 mil habitantes no país.

O diretor do órgão responsável pela política de imigração da Colômbia, Christian Kruger, disse que o banco de dados permitirá que as nações compartilhem informações sobre temas como status de imigração, saúde e segurança. Ele espera que outras nações, incluindo o Equador, se unam ao projeto. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;