Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alckmin: (tempo na TV) é grande oportunidade para a gente levar nossas propostas

José Cruz/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


27/08/2018 | 12:53


O candidato ao Planalto pelo PSDB, Geraldo Alckmin, afirmou que a campanha começa agora, com o início da propaganda eleitoral gratuita na televisão, no próximo dia 31. "Com a propaganda na TV aumenta o interesse pela eleição. É agora que está começando efetivamente a campanha eleitoral", afirmou, minutos antes de participar de homenagem ao jornalista Otavio Frias Filho, na Matriz Paroquial Nossa Senhora do Rosário de Fátima, em Sumaré, zona oeste de São Paulo. A ocasião contou com a presença também de Ana Amélia (PP), vice de Alckmin na chapa, além do tucano José Serra.

Com forte coligação, Alckmin terá cerca de 50% do tempo de propaganda gratuita na TV. "O Brasil é um país continental. É uma grande oportunidade da gente levar nossas propostas", disse.

O candidato também destacou sua viagem ainda hoje ao Sul do País, em que passará por Rio Grande do Sul, Pelotas e Porto Alegre.

Em Pelotas, Alckmin visitará um centro de atendimento para autistas. Aproveitando o gancho, destacou que seu eventual governo dará prioridade às políticas públicas para pessoas com deficiência.

"Nós temos mais de 20% da população com algum tipo de deficiência e quase 5 milhões com alguma deficiência mais grave. A primeira coisa é o acesso à saúde. Uma rede de atendimento na parte fisioterápica e educação inclusiva", disse.

O candidato também defendeu incentivos na qualificação, além de fiscalização no mercado de trabalho para que as leis de inclusão sejam aplicadas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;