Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Exportação brasileira de vinhos e espumantes cresce 39% em volume no 1º semestre

Márcia Lauria/ Imprensa MG/Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


23/08/2018 | 15:35


As exportações de vinhos e espumantes brasileiros cresceram 39,3% em volume e 32,8% em receita no primeiro semestre, segundo o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). Em nota, a entidade informa que no período foram comercializados para 29 países 1,593 milhão de litros, o que gerou receita de US$ 3,6 milhões. Os principais destinos foram Paraguai, Estados Unidos, Cingapura, Colômbia e Reino Unido. O gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini, diz que a expectativa é de que no segundo semestre a comercialização siga aquecida.

Entre janeiro e junho de 2018, o melhor desempenho ficou com os espumantes, cujas vendas para o exterior subiram 61,2% em volume e 29,2% em valor, comparados ao primeiro semestre do ano anterior. Os vinhos chamados tranquilos tiveram um incremento de 37,4% no volume e 33,6% nas vendas.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Exportação brasileira de vinhos e espumantes cresce 39% em volume no 1º semestre


23/08/2018 | 15:35


As exportações de vinhos e espumantes brasileiros cresceram 39,3% em volume e 32,8% em receita no primeiro semestre, segundo o Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin). Em nota, a entidade informa que no período foram comercializados para 29 países 1,593 milhão de litros, o que gerou receita de US$ 3,6 milhões. Os principais destinos foram Paraguai, Estados Unidos, Cingapura, Colômbia e Reino Unido. O gerente de Promoção do Ibravin, Diego Bertolini, diz que a expectativa é de que no segundo semestre a comercialização siga aquecida.

Entre janeiro e junho de 2018, o melhor desempenho ficou com os espumantes, cujas vendas para o exterior subiram 61,2% em volume e 29,2% em valor, comparados ao primeiro semestre do ano anterior. Os vinhos chamados tranquilos tiveram um incremento de 37,4% no volume e 33,6% nas vendas.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;