Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Sabrina Sato fala sobre dificuldade em escolher nome da filha com Duda Nagle: A gente é diferente nisso

Reprodução / Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


23/08/2018 | 10:11


Na última quarta-feira, dia 22, Thais Fersoza divulgou a segunda parte de seu bate-papo com Sabrina Sato. As duas seguiram falando sobre gravidez e maternidade e, dentre várias revelações, a apresentadora entregou que planeja ter uma grande família e, explicou o motivo:

- Vamos falar baixo sobe esse assunto, senão o Duda se empolga! Ele acha que é superfácil e vai ser tranquilo. Eu quero ter vários. Sempre imaginei uma família grande, porque eu tenho uma família grande, gosto de casa de cheia, de bastante gente. A mulher japonesa é a última a morrer, então eu não quero ficar sozinha. Quero vários, mais de três. Eu penso em adotar também, eu acho que tem que dar muito mais atenção, saber lidar também, tenho amigos e na família que adotaram. É claro que eu quero, mas tem que estar no momento certo.

Já na metade da gestação, Sabrina afirmou que ainda não conseguiu escolher o nome que dará para bebê. Com uma lista com várias opções, ela e Duda Nagle ainda não conseguiram chegar num consenso:

- A gente é diferente nisso. O Duda gosta mais de nomes conservadores, mais comuns. E eu já gosto mais de nomes exóticos. Já não sei mais o que eu faço. Eu to esperando o Duda sentar comigo e a gente resolver juntos. Acho que eu vou escolher uns três e aí quando eu olhar para cara dela...

E embora tenha ficado um mês de repouso absoluto por causa de uma gestação de risco, Sabrina diz que só enxerga coisas boas enquanto está à espera da filha, fazendo uma ressalva apenas para o fato de não poder beber.

- Tem tanta coisa boa. É tão bom e maravilhoso. Eu vou até mais feliz para a academia. A gente tem orgulho de ser grávida. Comer é mais prazeroso. Não tive enjoo, nem cólica. Todo mundo paparicando também é muito bom. Acho que fazer enxoval é gostoso, ficar vendo tudo pro bebê... A única coisa difícil da gestação é não poder beber. Porque você vai para festa, todo mundo bebendo e você ficar sóbria e careta. Eu tenho vontade, então tomo cerveja sem álcool.

Quando o assunto é Duda Nagle, a apresentadora acredita que ele será um paizão:

- Acho que o Duda será um pãe. Eu fui fazer o enxoval e a menina disse: Sabrina, é impressionante, a mãe é ele. Porque ele tem paciência de esperar a pessoa explicar e eu já quero ir olhando outra coisa, já estou viajando. Ele vai ser bem participativo. Ele não é ciumento, mas ninguém é ciumento comigo, porque eu sou tão tranquilona, que ele não consegue. Ele já falou isso pra mim. Mas às vezes com filho, ele pode ser.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;