Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Simulação de acidente na Anchieta dura 40 minutos

Ação foi realizada em trecho bloqueado para obras na pista sul, entre o km 40 e o km 55


Bianca Barbosa
Especial para o Diário

23/08/2018 | 07:00


 O km 46 da Via Anchieta, no sentido Litoral, foi palco de simulação de acidente com vítimas na manhã de ontem, organizada pela Ecovias, concessionária responsável pelo SAI (Sistema Anchieta-Imigrantes). A ação, que durou em torno de 40 minutos, foi realizada em trecho da pista que está bloqueado para obras – entre o km 40 até o km 55 – e, por isso, não complicou o trânsito.

Cerca de 50 integrantes da equipe operacional, composta por agentes do corpo de bombeiros, policiamento rodoviário, e funcionários de empresas do PAM (Plano de Auxílio Mútuo) de São Bernardo, participaram da ação.

Esse simulado é promovido pela concessionária, com apoio da Artesp (Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo), no intuito de capacitar as equipes para trabalhar de maneira integrada durante o atendimento de emergências de grande porte”, disse o coordenador de tráfego CCO (Centro de Controle Operacional)da Ecovias, Igor Barros.

O treinamento mostrou situação em que caminhão que transportava carga perigosa perdeu o controle no momento em que trafegava pelo túnel do km 46 da Anchieta e colidiu contra uma moto. A situação gerou duas vítimas, o motociclista – que ficou em estado grave –, e a namorada, que estava na garupa e teve fratura exposta. O condutor do veículo pesado, que saiu ileso, chamou o socorro. Enquanto uma equipe de resgate cuidava das vítimas, outros agentes apagavam focos de incêndio e estancavam o vazamento do líquido inflamável na pista.

Segundo o 1º tenente Tonon, comandante do posto de bombeiros Jardim do Mar e Vila do Tanque, o simulado foi um sucesso. “As empresas atuaram em conjunto. A prioridade é a vítima, posteriormente o meio ambiente e, depois, o patrimônio”, disse.

“Esse simulado retrata situações reais que ocorrem no cotidiano de operação rodoviária, então foi positivo o trabalho realizado hoje (ontem), uma vez que identificamos que todos os nossos recursos chegaram com rapidez ao local do acidente”, concluiu Barros.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;