Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sanções mais recentes dos EUA à Rússia não fazem sentido, diz Putin

PAVEL GOLOVKIN/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


22/08/2018 | 14:53


As sanções econômicas dos Estados Unidos contra a Rússia são sem sentido, afirmou o presidente da Rússia, Vladimir Putin, nesta quarta-feira. A autoridade disse esperar que o governo americano concorde mais adiante com um diálogo construtivo.

Após uma reunião com o presidente da Finlândia, Sauli Niinisto, em Sochi, Putin descreveu o encontro no mês passado em Helsinque com o presidente americano, Donald Trump, como positivo, mas criticou a administração dos EUA por continuar a impor sanções. "Em relação ao nosso encontro com Putin, vejo isso como positivo e útil", afirmou. "Ninguém esperava que todas as questões com divergências poderiam ser resolvidas durante uma reunião de duas horas, porém uma conversa e troca de opiniões direta é sempre útil."

Os EUA têm intensificado a pressão econômica sobre Moscou por suas ações na Ucrânia e na Síria, bem como pelos supostos esforços russos para interferir na eleição presidencial dos EUA em 2016. De acordo com Putin, as ações americanas são "contraproducentes e sem sentido". Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sanções mais recentes dos EUA à Rússia não fazem sentido, diz Putin


22/08/2018 | 14:53


As sanções econômicas dos Estados Unidos contra a Rússia são sem sentido, afirmou o presidente da Rússia, Vladimir Putin, nesta quarta-feira. A autoridade disse esperar que o governo americano concorde mais adiante com um diálogo construtivo.

Após uma reunião com o presidente da Finlândia, Sauli Niinisto, em Sochi, Putin descreveu o encontro no mês passado em Helsinque com o presidente americano, Donald Trump, como positivo, mas criticou a administração dos EUA por continuar a impor sanções. "Em relação ao nosso encontro com Putin, vejo isso como positivo e útil", afirmou. "Ninguém esperava que todas as questões com divergências poderiam ser resolvidas durante uma reunião de duas horas, porém uma conversa e troca de opiniões direta é sempre útil."

Os EUA têm intensificado a pressão econômica sobre Moscou por suas ações na Ucrânia e na Síria, bem como pelos supostos esforços russos para interferir na eleição presidencial dos EUA em 2016. De acordo com Putin, as ações americanas são "contraproducentes e sem sentido". Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;