Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 14 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Pais vão receber cardápio de escolas em Sto.André

André Henriques/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Programa lançado ontem prevê envio de informações a cada 15 dias via WhatsApp


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

21/08/2018 | 07:00


Pais de alunos da rede municipal de Santo André vão receber cardápio quinzenal, via WhatsApp, a partir do dia 1º de setembro. Isso porque a Prefeitura anunciou ontem o início do programa Merenda Legal, que visa disponibilizar às famílias acompanhamento nutricional e tranquilidade quanto à alimentação dos estudantes. Os responsáveis interessados poderão realizar cadastro a partir de hoje na secretária das unidades escolares. A permissão para recebimento da mensagem não é obrigatória.

O acesso ao calendário da alimentação fornecida nas escolas municipais também estará disponível no site da Prefeitura. Atualmente, o cardápio é afixado em cartaz nas unidades de ensino.

A informação foi confirmada pelo prefeito Paulo Serra (PSDB), ontem à tarde, durante coletiva de imprensa. O chefe do Executivo destacou que a Prefeitura fornece 60 mil refeições por dia, sendo que 1.260 são diferenciadas, para alunos que possuem alguma restrição alimentar. Ao todo, são 12 milhões de atendimentos ao ano. “Cerca de 70% das necessidades nutricionais diárias estão distribuídas em três refeições, para as creches em período integral, para os alunos participantes do Programa Mais Educação e também os matriculados em escolas de tempo integral. Ou seja, a principal refeição da criança é feita na escola, e os pais precisam ter esse controle e segurança”, comentou o prefeito.

Ao todo, o município conta com 116 unidades escolares, sendo 38 creches com quatro refeições diárias: café da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar. O atendimento maior fica por conta das Emeiefs (Escolas Municipais de Educação Infantil e Ensino Fundamental), com 51 unidades disponibilizando duas refeições diárias, dividas por período – manhã e tarde. Já o programa Mais Educação, que expande o horário de permanência escolar, dispõe de três refeições. A Apae (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) conta com uma merenda por dia. As 20 instituições assistenciais oferecem gêneros alimentícios e os seis centros públicos ofertam lanches e sopas.

O objetivo é que com a alta adesão dos responsáveis o programa possa expandir e abra canal, via aplicativo, para que os pais possam interagir e dar opiniões e sugestões.

ECONOMIA
Em um ano e oito meses, o governo reduziu em 28% o custo da merenda. Se antes a Prefeitura pagava R$ 46 milhões por ano, o fechamento ficou em R$ 33 milhões aos cofres públicos. na medida em que a atual gestão concentrou 100% da produção na cozinha da Craisa (Companhia Regional de Abastecimento Integrado de Santo André). Ao todo, são 370 funcionários destinados ao setor.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;