Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Parabéns, S.Bernardo! Obras são o presente


Do Diário do Grande ABC

20/08/2018 | 10:21


Artigo

Hoje o dia é de celebração para nós são-bernardenses. Nossa querida São Bernardo comemora seus 465 anos.Tão emblemática quanto a sua idade é o seu território, sua rica natureza, a sua vocação de trabalho e sua magnífica sociedade, formada por pessoas de bem e trabalhadoras.

Restabelecer a grandeza de São Bernardo, recolocando o orgulho no sentimento de seus mais de 800 mil moradores, é, com certeza, um dos fatores que impulsionam todos os dias neste trabalho.

Ao iniciar esta gestão, me deparava com pessoas de baixa estima. Muitas eram as dúvidas se conseguiríamos colocar a casa em ordem e, principalmente, retomar e concluir as obras, que estavam abandonadas e paralisadas por toda a cidade.

Não foi fácil. Mesmo com uma situação de extrema dificuldade no caixa – nos foram deixados R$ 200 milhões em dívidas. Aos poucos, fomos autorizando cada serviço e, hoje, tenho o orgulho de ver que toda a cidade está com obras ativas.

Entre os destaques estão os corredores de ônibus. Entregamos o primeiro da história de São Bernardo: o da Avenida João Firmino, no Assunção, e outros estão em andamento, como o Vianas, Rotary, Galvão Bueno, Castelo Branco, Vergueiro, Alvarenga. Além do Viaduto da Avenida Robert Kennedy.

Retomamos o Piscinão do Paço. Um projeto de extrema importância para acabar com as enchentes do Centro da cidade. Ajustamos o contrato, destravamos as pendências e garantimos a execução dos serviços de forma plena para que a conclusão ocorra até o fim do ano que vem.

Na Saúde, grandes conquistas. Herdamos as obras do Hospital de Urgência, no Centro, com menos de 1% de execução. Garantimos a sua retomada e hoje o complexo está em seu último andar de construção. Sua conclusão, no início de 2020.

Outro fator a destacar neste setor é com o Hospital de Clínicas. Deixado pela gestão anterior com 40% de funcionamento. Além de garantirmos a totalidade dos serviços dentro do complexo, conseguimos que o Hospital se tornasse referência em cirurgias cardíacas em crianças.

Na Educação, ampliamos o Educar Mais – ensino integral nas escolas – entregamos as creches do Jardim Nazareth e do Riacho Grande, além de garantirmos uniformes e materiais novos no primeiro mês de aula.

Outros pontos que nos orgulhamos são a manutenção do Programa Noite Tranquila, que vem restabelecendo a ordem contra os pancadões. O Programa Nota 1.000, que vem acabando com a sonegação e distribuindo prêmios para quem pede nota fiscal de serviços. Aprovamos a Lei de Incentivo Fiscal, que promove às empresas desconto no IPTU. Ao invés de aumentar impostos, criamos formas de dar desconto.

Tenho ciência do que falta a ser realizado. Mas o avanço vem sendo conquistado e, assim, vamos seguindo trabalhando para devolver São Bernardo ao lugar em que sempre mereceu estar: o destaque.

Viva, São Bernardo.

Orlando Morando é prefeito de São Bernardo.

Palavra do leitor

Vanelli Damo
Claro que eu estava empolgada com a candidata que escolhera para deputada federal. No entanto, quando soube de que abriria mão, fiquei mais a admirá-la por sua posição no que a levou a renunciar o desejo de concretizá-lo (Política, dia 18): por amor ao outro. Um outro que é, na verdade, ela mesma. Mãe não é outro, somos nós mesmas. Nascemos dela, então não dá para ser outro! Quero cumprimentá-la por tão nobre atitude, e digo que é isso mesmo. Você é novinha e terá tantas oportunidades. E quando se coloca na posição de abrir mão de grande projeto por amor, você realmente nos leva a sonhar com algo maior em sua vida em futuro próximo. Sim, Deus é por ti e te honrará por tão nobre atitude.
Rosangela Caris
Mauá

Advogada
Pode isso, OAB (Ordem dos Advogados do Brasil)? A temperamental, para não dizer descontrolada, senadora Gleisi Hoffmann tornou-se advogada de Lula. Cá entre nós, com aquela cabecinha confusa que Deus lhe deu, é provável que sua excelência não seja capaz de advogar nem em causa própria. Só para dizer o mínimo!
Gildete do Nascimento
Capital

Tucanos
Sr. Geraldo Alckmin, ex-governador de São Paulo, como se não bastassem os problemas do Estado no envolvimento dos seus auxiliares Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, Dario Rais Lopes e outros mais nas obras do Rodoanel, de onde foram desviados milhões de reais em superfaturamento, ainda caiu a máscara do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, sugerindo apoio ao PT caso o partido vá ao segundo turno! Quem tem essa falsa ajuda política não precisa ter adversários.
Benone Augusto de Paiva
Capital

Guerra e paz
No momento em que o jornalismo de qualidade sofre ataques de todos os lados, inclusive do presidente do país que é considerado o mais democrático do mundo, como se vê nos Estados Unidos, é bom saber que ainda existem repórteres entusiasmados com a profissão, como os correspondentes internacionais que acabam de lançar livro (Cultura&Lazer, ontem). Fiquei extremamente sensibilizado com a declaração de Marcos Losekann, que cobriu cinco guerras e mudou sua concepção de sonho profissional: “Todo jornalista quer ter uma guerra no currículo. Cobri cinco e é um horror. Trocaria as cinco por um acordo de paz, que nunca aconteceu. A guerra fede, tem cheiro de pólvora misturado com o de sangue, esgoto”.
Edvaldo Vassaz
Santo André

Debate – 1
Assistindo a debate dos presidenciáveis na Band, vi candidato aos gritos, com Bíblia na mão, dizer que caso eleito o País seria governado por Nosso Senhor Jesus Cristo, como pregador de rua. A ideia até que é boa. Estamos mesmo precisados de milagres, mas seria mesmo esse candidato escolhido para a missão? Não seria no mínimo estelionato eleitoral? Pior que ele tem seguidores. Hoje há bancada significativa de apoio – como diz uma amiga: tudo pode sempre piorar. Deus nos livre. Quero sugerir, como pré-requisito, que os candidatos sejam submetidos a exame de sanidade mental, para evitar candidaturas de alienados como esse.
Evaristo de Carvalho Neto
Santo André

Debate – 2
O debate da Rede TV foi melhor que o da Band, apesar do reduzido tempo de 60 segundos para resposta dos candidatos (Política, dia 18). A boa surpresa foi a candidata da Rede, Marina Silva, que, mais esperta e objetiva, no confronto com o líder nas pesquisas deu um nó em Jair Bolsonaro (PSL). Ou, como escreveu o jornalista Ricardo Noblat, a Marina jantou Bolsonaro... Candidato este que, pela falta de conhecimento sobre os assuntos nacionais, mais gagueja para responder as perguntas. Até cola fez para suas respostas, escrevendo na palma da sua mão, como muito bem flagrou experiente fotógrafo. Ciro Gomes (PDT), Geraldo Alckmin (PSDB) e Álvaro Dias (Podemos) foram os que melhor responderam as questões formuladas! E mérito para Álvaro Dias, que duramente criticou Lula e seu partido, que só servem para afrontar as nossas instituições. Porém, lacônico foi o Henrique Meirelles (MDB), que, sem jogo de cintura, só faltou pedir ao vivo a libertação de Lula, de tanto que elogiava o governo do presidiário, do qual foi presidente do Banco Central.
Paulo Panossian
São Carlos (SP)

Sabedoria popular
Costuma-se dizer que o povão é muito inteligente e sabe tudo que está acontecendo no País, até porque é o primeiro a ser atingido por qualquer que seja a crise que bate à sua porta. Dessa forma só há uma explicação para que o ex-presidente Lula apareça em primeiro lugar em todas as pesquisas de intenção de votos: o brasileiro está de tal maneira revoltado e desesperançado com a nossa atual situação econômica-social, com roubalheira e corrupção incontroláveis, que resolveu declarar seu voto ao ‘mais desclassificado entre todos os candidatos’. Com ironia, por favor!
José Marques
Capital

Empresas
É lamentável saber que apenas um terço das empresas do Grande ABC em situação financeira obtém aval para tentar se recuperar judicialmente (Economia, ontem). Os outros dois terços simplesmente quebram, acentuando dois graves problemas da região: geração de impostos em baixa e desemprego em alta.
Antonio Carlos da Silva
São Bernardo 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;