Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Bernardo chega ao jogo 500 da história diante do Água Santa

Nario Barbosa  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Tigre não perde de um vizinho do Grande ABC há mais de quatro anos; após empate, Netuno busca vencer pela primeira vez na Copa Paulista


Dérek Bittencourt
e João Victor Romoli

18/08/2018 | 07:00


O São Bernardo completa hoje, às 15h, contra o Água Santa, 500 jogos em sua história de apenas 14 anos de títulos, acessos e representatividade no Estado. E, nesta data marcante, o Tigre ainda defende tabu: não perde para rival do Grande ABC há mais de quatro anos, desde o revés para o Santo André na Copa Paulista de 2014. Desde então, foram quatro vitórias e dois empates.

Presente a 495 dos 499 jogos realizados até quarta-feira (os quatro que perdeu foram por motivos médicos ou familiares), o diretor executivo Edgard Montemor Filho enalteceu a marca. “Mais do que disputar 500 jogos nestes pouco menos de 14 anos, são as formas como foram disputados: pelo menos metade dos anos foi participando da elite do Campeonato Paulista, da Série D do Brasileiro, duas Copa do Brasil, ganhando dois títulos, fazendo algumas semifinais, com mais vitórias do que derrotas, mais gols marcados do que sofridos”, destacou.

“São 500 jogos de sucesso, de clube que nasceu para representar o município da forma como merece, como deve ser feita. É a maior cidade do Grande ABC e merece time do porte do São Bernardo FC, que traz alegrias, títulos, vitórias e conquistas. E que venham mais jogos pela frente”, emendou.

Nos 499 jogos até aqui o São Bernardo contabilizou 208 vitórias, 125 empates e 166 derrotas, marcou 694 gols e sofreu 589. A partida de número um foi o empate por 1 a 1 com o Guarujá; a 100ª, igualdade por 0 a 0 com o São José pela Copa Federação de 2007; 200ª, vitória por 1 a 0 sobre o Votoraty na Série A-2 de 2010; 300ª, derrota por 4 a 2 para o Audax na A-2 de 2012; e a 400ª, 1 a 1 com o Atlético Sorocaba pela Copa Paulista de 2014.

ÁGUA SANTA

No que depender de si, o Netuno quer ser visitante indigesto na festa aurinegra. O técnico Antônio Carlos Papel destacou o crescimento da jovem equipe, que vem de empate por 1 a 1 com o Bragantino. “O time está evoluindo, já melhoramos na bola parada e nas trocas de passes. Isso ficou claro. Sei que a primeira vitória está próxima e, se acontecer em um clássico, é melhor ainda. Um jogo como esse pode dar ânimo a mais para os jogadores. Temos de ir com cautela e estratégia porque o São Bernardo tem time organizado, tem experiência”, disse o técnico Antônio Carlos Papel.

Sem muito tempo para descansar, Wilson Júnior mexe na equipe

O São Bernardo empatou sem gols com o São Caetano na noite de quarta-feira. Saiu de campo por volta das 22h e hoje, às 15h – portanto, 65 horas depois –, volta a jogar pela Copa Paulista, no Estádio 1º de Maio, contra o Água Santa. Neste meio tempo, o técnico Wilson Júnior não conseguiu fazer muita coisa. Mostrou aos jogadores o vídeo do último duelo do Netuno – empate por 1 a 1 com o Bragantino –, e fez trabalho de posicionamento e correção, ontem.

O técnico terá de realizar pelo menos duas alterações: o lateral-esquerdo Assis, substituído após choque forte com adversário do São Caetano, foi vetado, enquanto o volante Willian recebeu o cartão vermelho e está suspenso. Vilella e Thiago César devem jogar.

Agora diretor, Derlei já trabalha na montagem do elenco para 2019

Na semana que antecedeu o clássico diante do São Bernardo, hoje, o Água Santa anunciou o ex-jogador Derlei como novo diretor geral. Já trabalhando na montagem do elenco para 2019, ele fez questão de garantir que está confiante no projeto do Netuno.

“Já vínhamos trabalhando e planejando os próximos passos do Netuno nas competições. Temos alguns atletas com contrato em vigência e estou monitorando, junto com o Márcio Ribeiro, as competições nacionais para chegarmos fortes na temporada 2019. Com certeza, estamos no caminho certo”, disse ele, que foi campeão da Liga dos Campeões e Mundial Interclubes de 2004, pelo Porto, sob o comando de José Mourinho, além de atuar em times como Benfica e Sporting. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;