Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Oppo, quarta maior fabricante de smartphones do mundo, não chegará ao Brasil (pelo menos, não tão cedo)

Da Redação

17/08/2018 | 10:18


Depois de vários rumores a respeito de sua chegada ao Brasil, a Oppo soltou uma nota oficial informando que não deve desembarcar no país tão cedo. A fabricante chinesa de smartphones é, atualmente, a quarta meio do mundo – fica atrás de, pela ordem, Samsung, Apple, Huawei. Xiaomi está em quinto.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga.

O comunicado informa ainda que a empresa não abrirá uma loja na América Latina tão cedo. Na nota, a companhia aponta que os smartphones comprados em sites independentes (como os de leilão ou importados de fora do território) seguem sem garantia.

Leia mais
Tabelão de celulares: confira todos os modelos vendidos no Brasil
Álbum: relembre videogames que marcaram a história
Confira a incrível evolução dos computadores

Veja a seguir o comunicado da empresa enviado à imprensa.

“Alguns canais de mídia reportaram recentemente que a OPPO, a fabricante de smartphones nº 1 da Ásia e nº 4 do mundo, está investindo na abertura de uma filial e uma loja na América Latina.

Gostaríamos de esclarecer que isso não é verdade e que as partes envolvidas nessa ação não representam a Guangdong OPPO Mobile Telecommunications Corp., Ltd. (OPPO China). Até o momento, a OPPO China não autorizou nenhuma organização ou pessoa a comercializar seus telefones na América Latina nem nomeou qualquer pessoa como sua representante na região.

Alertamos também os consumidores de que os celulares OPPO China vendidos por canais não oficiais não receberão suporte da empresa, não serão atualizados e não terão direito ao serviço de atendimento ao consumidor.

Os distribuidores locais devem ficar atentos ao tipo de suporte oferecido por esses revendedores não oficiais, já que eles serão os únicos responsáveis por eventuais perdas ou danos materiais causados aos consumidores. Para a OPPO China, este tipo de atividade é bastante prejudicial aos consumidores da América Latina.”

Veja todos os eletrônicos avaliados pelo 33Giga.

 
 

  • Sony_Xperia XZ2_Preto
  • Fone JBL T450BT. O teste completo em https://wp.me/p7AVMp-eKM
  • Testamos: por R$ 330, caixa de som Pulse é resistente à água e dura mais de cinco horas

<
>

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;