Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 19 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Caetano adota o prontuário eletrônico

Claudinei Plaza/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Usuários da UBS do bairro Boa Vista são os primeiros a contar com o sistema na cidade


Bianca Barbosa
Especial para o Diário

17/08/2018 | 07:00


Todos os pacientes da UBS (Unidade Básica de Saúde) Doutor Ângelo Antenor Zambom, no bairro Boa Vista, em São Caetano, contam desde ontem com prontuários eletrônicos nas consultas. O investimento da Prefeitura, de R$ 2,94 milhões, faz parte do Programa Saúde 4.0 e promete mais rapidez e facilidade com a sistematização de todo o histórico médico dos pacientes, que agora está em rede e em breve poderá ser acessado em qualquer unidade de Saúde. As próximas UBSs a receberem o sistema, nos próximos 15 dias, são a João Luiz Bonaparte e a Nair Spina Benedictis, ambas no Santa Paula.

O novo programa agradou os usuários: “Achei bem mais prático e rápido, é só ficar atenta ao telão e pronto. O médico lá dentro já está com as informações, sem precisar daquelas pastas cheias de papel”, opinou a dona de casa Maria Aparecida Gomes da Silva, 58 anos, que passou com o ginecologista. 

A dinâmica do atendimento é simples. Ao chegar na unidade, o usuário recebe a senha e aguarda pelo chamado na tela da sala de espera. A televisão mostra a senha, nome do paciente, número do consultório para onde deve se dirigir e nome do médico que vai atendê-lo.

O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) também experimentou o sistema e aprovou: “Do ponto de vista técnico é bem acessível aos profissionais. É um ganho real para o paciente em termos de confiabilidade e transparência. E econômico também, porque não só poupa papel, mas também tempo nos processos.” Segundo o chefe do Executivo, até 2020 todo o sistema estará informatizado.


OUTROS MUNICÍPIOS

Reportagem do Diário de janeiro deste ano mostrou que as cidades da região estavam trabalhando para implantar o prontuário eletrônico. E houve avanço. No caso de São Bernardo, os prontuários já são usados nos hospitais municipais e Caism (Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher) e, até o fim do ano, nove UBSs também terão o sistema. 

A rede municipal de saúde de Ribeirão Pires conta com sistema eletrônico de atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Luzia e no Hospital e Maternidade São Lucas. Já na atenção básica, o sistema de prontuário eletrônico está em fase de implantação, mas não foi informado prazo para finalização das mudanças. 

Apesar de Santo André ainda não contar com as novas medidas, dentro do programa Qualisaúde estão previstas várias ações de modernização, como informatização dos prontuários. 

Em Mauá, o prazo para implementação da tecnologia é janeiro de 2019, mas a cidade possui coleta de dados simplificada em 23 UBSs. Já em Diadema, o prontuário eletrônico está 100% instalado, beneficiando mais de 283 mil moradores.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano adota o prontuário eletrônico

Usuários da UBS do bairro Boa Vista são os primeiros a contar com o sistema na cidade

Bianca Barbosa
Especial para o Diário

17/08/2018 | 07:00


Todos os pacientes da UBS (Unidade Básica de Saúde) Doutor Ângelo Antenor Zambom, no bairro Boa Vista, em São Caetano, contam desde ontem com prontuários eletrônicos nas consultas. O investimento da Prefeitura, de R$ 2,94 milhões, faz parte do Programa Saúde 4.0 e promete mais rapidez e facilidade com a sistematização de todo o histórico médico dos pacientes, que agora está em rede e em breve poderá ser acessado em qualquer unidade de Saúde. As próximas UBSs a receberem o sistema, nos próximos 15 dias, são a João Luiz Bonaparte e a Nair Spina Benedictis, ambas no Santa Paula.

O novo programa agradou os usuários: “Achei bem mais prático e rápido, é só ficar atenta ao telão e pronto. O médico lá dentro já está com as informações, sem precisar daquelas pastas cheias de papel”, opinou a dona de casa Maria Aparecida Gomes da Silva, 58 anos, que passou com o ginecologista. 

A dinâmica do atendimento é simples. Ao chegar na unidade, o usuário recebe a senha e aguarda pelo chamado na tela da sala de espera. A televisão mostra a senha, nome do paciente, número do consultório para onde deve se dirigir e nome do médico que vai atendê-lo.

O prefeito José Auricchio Júnior (PSDB) também experimentou o sistema e aprovou: “Do ponto de vista técnico é bem acessível aos profissionais. É um ganho real para o paciente em termos de confiabilidade e transparência. E econômico também, porque não só poupa papel, mas também tempo nos processos.” Segundo o chefe do Executivo, até 2020 todo o sistema estará informatizado.


OUTROS MUNICÍPIOS

Reportagem do Diário de janeiro deste ano mostrou que as cidades da região estavam trabalhando para implantar o prontuário eletrônico. E houve avanço. No caso de São Bernardo, os prontuários já são usados nos hospitais municipais e Caism (Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher) e, até o fim do ano, nove UBSs também terão o sistema. 

A rede municipal de saúde de Ribeirão Pires conta com sistema eletrônico de atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Luzia e no Hospital e Maternidade São Lucas. Já na atenção básica, o sistema de prontuário eletrônico está em fase de implantação, mas não foi informado prazo para finalização das mudanças. 

Apesar de Santo André ainda não contar com as novas medidas, dentro do programa Qualisaúde estão previstas várias ações de modernização, como informatização dos prontuários. 

Em Mauá, o prazo para implementação da tecnologia é janeiro de 2019, mas a cidade possui coleta de dados simplificada em 23 UBSs. Já em Diadema, o prontuário eletrônico está 100% instalado, beneficiando mais de 283 mil moradores.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;