Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Suspeito de matar PM em Diadema é preso

Criminoso fugiu após tirar a vida do sargento Rogério de Oliveira Alves durante tentativa de roubo


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

16/08/2018 | 07:00


A Corregedoria da Polícia Militar do Estado de São Paulo deflagrou, na manhã de ontem, operação simultânea em cidades do Paraná e de Goiás e prendeu dois suspeitos de matar PMs (Polícias Militares). Um dos criminosos fugiu de Diadema, após tirar a vida do sargento Rogério de Oliveira Alves durante tentativa de assalto em junho.

A ação, no entanto, foi realizada somente após morte de grande repercussão da soldado Juliene dos Santos, 27 anos, que desapareceu no dia 2 na comunidade de Paraisópolis, na Capital, e foi encontrada no porta-malas de um carro no dia seguinte.

Delegado titular do 1º DP (Centro) de Diadema, Nelson Caneloi Junior, ressaltou que o criminoso terá de ser preso na cidade em que cometeu o crime. “Tivemos a informação de que ele (criminoso) estava foragido em Goiás. O fórum da cidade de Bela Vista terá de decidir se dará liberação para que o homem venha até Diadema com os PMs, ou então, se ele aguarda preso provisoriamente, até que tenha vaga para ser transferido até aqui por captura.” Ele ressalta, entretanto, que se tiver de esperar o transporte por captura, a autorização pode levar até dois meses.

Na época, vídeo divulgado pela página OTT (Onde Tem Tiroteio) mostrou a ação em que o policial foi morto. O crime ocorreu por volta das 14h na Rua Élbio Camilo, no Centro de Diadema. Dois indivíduos em moto teriam tentado revistar o agente, que reagiu, tentando impedir que sua arma fosse tomada. Um dos criminosos foi morto com dois tiros, enquanto o outro fugiu na moto utilizada pela dupla.

O policial militar chegou a ser encaminhado ao Hospital Municipal de Diadema, no bairro Piraporinha, mas não resistiu aos ferimentos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;