Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 16 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Polícia divulga retrato falado dos responsáveis pela morte da estudante no Jd.Aclimação

Divulgação/Polícia Civil  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Paula Freitas Silva foi baleada na última sexta-feira após entregar celular e bolsa à dupla de assaltantes


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

15/08/2018 | 14:10


A Polícia Civil divulgou o retrato falado dos dois responsáveis pela morte da estudante Paula Freitas Silva, 18 anos, baleada na última sexta-feira após entregar celular e bolsa à dupla de assaltantes, no Jardim Aclimação, em Santo André. A menina morava no bairro Clube de Campo e estava a caminho da escola.

De acordo com a polícia, testemunhas colaboraram para que os investigadores fizessem o desenho dos criminosos. O setor de investigação do 6º DP (Vila Mazzei), responsável pelo caso, também confirmou que a moto usada no dia do crime é de modelo XRE 300, na cor preta.

Desde sexta-feira a equipe da polícia realizou diversas diligências, no entanto, mesmo com o retrato falado ainda não localizou os dois rapazes. A equipe do Diário conversou com o investigador do 6º DP e ele afirmou que não foi o primeiro assalto da dupla, sendo que outras vítimas também prestaram depoimentos de crimes com as mesmas características.

O capacete do garoupa – responsável pelo disparo que tirou a vida da jovem – também foi identificado. O acessório é de cor preta, da marca San Marino.

O CASO

O crime aconteceu na Rua Paulo Emílio Sales Gomes, altura do número 100. Por volta das 19h10 da última sexta-feira a jovem estava a caminho da escola, na companhia de uma amiga. Enquanto parou para usar o banheiro de bar que fica na rua ao lado, dupla que ocupava moto abordou a colega, que esperava no muro da escola na companhia de duas meninas.

Segundo S.G.C., 17, uma das garotas que estava com Paula, os dois homens anunciaram o assalto às três amigas. Ela relatou que Paula entregou o aparelho para um dos rapazes e disse ‘tá bom, toma o celular’. O garupa ficou irritado e, por achar que a vítima ‘debochou’ dele, atirou contra seu peito. Em seguida, os assaltantes jogaram os pertences de Paula ao lado do seu corpo e fugiram.

Outra amiga da vítima, não identificada, também teve o celular roubado. De S., os criminosos levaram a mochila onde carregava o material escolar.

No mesmo dia, ato realizado em frente à Escola Estadual Paulo Emílio Sales Gomes, onde a jovem estudava – curso EJA (Escola para Jovens e Adultos), no período noturno –, perdeu força após movimentação intensa de motos que tentavam intimidar os jovens. O protesto foi organizado em memória a amiga.

Viaturas das polícias Militar e Civil, além de equipe do Garra (Grupo Armado de Repressão a Roubos e Assaltos), realizaram ronda após a informação de dois assaltos iguais ao que causou a morte da garota. A denúncia era a de que dois homens em moto preta roubaram meninas às 19h10.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;